5G impulsiona o crescimento das receitas

Foto de User3802032 no Freepik

Os Prestadores de Serviços de Comunicação dos 20 maiores mercados de 5G sentem um crescimento ao nível das suas receitas. Segundo o Ericsson Mobility Report Business Review, uma melhor banda larga móvel contribui para o desenvolvimento empresarial e industrial.

Uma nova pesquisa a cargo do Ericsson Mobility Report fornece dados encorajadores para os Prestadores de Serviços de Comunicação (PSC) dos quatro cantos do planeta, ao identificar uma correlação entre a adoção do 5G e o crescimento das suas receitas.

A estagnação das receitas tem-se revelado um desafio para os prestadores globais de serviços, muitas vezes com impacto nas decisões de investimento na rede como parte das suas estratégias de crescimento empresarial, conhecidas como “monetização” da indústria.

A recente edição do relatório do Ericsson Mobility Report, com foco na área empresarial, complementa a pesquisa global do Ericsson Mobility Report, publicado em novembro de 2022, analisando as oportunidades de monetização relacionadas com o 5G.

O relatório destaca uma tendência positiva de crescimento das receitas desde o início de 2020, nos países que se encontram no Top 20 da implementação do 5G – os quais representam cerca de 85% de todas as subscrições de 5G a nível mundial –, que se correlaciona com o aumento do total de subscrições de 5G nestes mercados.

Após um período de crescimento lento ou nulo, as curvas de receitas dos serviços sem fios encontram-se novamente em crescimento nestes mercados líderes. Tal é associado ao com o crescimento do número de assinaturas 5G.

“A ligação entre a adoção do 5G e o crescimento das receitas do Top 20 de mercados com 5G sublinha que esta tecnologia não é apenas uma disrupção. Particularmente encorajador é que, embora o 5G ainda se encontre numa fase relativamente precoce, cresce o total de casos de uso comprovados, um caminho claro para os resultados dos casos de uso a médio e longo prazo”, explica Fredrik Jejdling, Executive Vice President and Head of Networks.

Os mercados classificados no relatório como os Top 20 no 5G são: Austrália, Bahrein, China, Dinamarca, Finlândia, Hong Kong, Irlanda, Japão, Kuwait, Mónaco, Noruega, Qatar, Arábia Saudita, Singapura, Coreia do Sul, Suíça, Taiwan, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido e EUA.

Estes mercados representam 85% de todas as assinaturas de 5G a nível mundial – com cada mercado a ter uma penetração de 5G acima dos 15%.Mesmo assim, nestes 20 principais mercados de 5G, cerca de 80% dos consumidores ainda não adotaram subscrições de 5G, o que é um ponto de referência para o potencial de crescimento das suas receitas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

18 + three =