6 Dicas para aumentar a sua Força de Vontade

A força de vontade e a autodisciplina são qualidades vitais para o alinhamento da pessoa, tanto em termos internos, como em termos externos.

Quando falo em níveis de alinhamento interno refiro-me ao que diz respeito aos níveis de aceitação e compreensão dos meus próprios processos internos, das minhas emoções, dos meus pensamentos, da reflexão que faço sobre as várias situações da minha vida. Quando falo em níveis de alinhamento externo, refiro-me ao que diz respeito às minhas relações com os outros, com a minha família, os meus amigos, os colaboradores e/ou colegas, etc.

Muitas vezes temos que fazer alterações na nossa vida e percebemos que essas alterações são fundamentais, mas depois vamos protelando. Não temos força de vontade para enfrentar a situação e adiamos a tomada de decisão. Isto pode ter a ver com muitas coisas, mas pensemos nas mais comuns, como:

  • Finalmente vou deixar de fumar;n
  • Vou começar a fazer dieta e perder aqueles quilos que preciso de perder;n
  • Vou passar a ir 2 a 3 vezes por semana ao ginásio;n
  • Vou reduzir as horas que passo à frente da televisão;n
  • Vou ter aquela conversa difícil com a pessoa que já passou as marcas e definir claramente quais são os limites; etc, etc…

    Neste artigo sugiro-lhe algumas dicas que o vão ajudar a aumentar a sua Força de Vontade.

    1ª Dica – A Força de Vontade já está dentro de si, mas tem de a trabalhar como se fosse um músculonA força de vontade trabalha-se como um músculo, então como pode fortalecer sua força de vontade e autodisciplina?

    Descubra a força de vontade que tem dentro de si e combine-a com autodisciplina, vai ver que faz uma grande diferença. A tomada de consciência da sua força interior vai contribuir grandemente para a sua evolução pessoal.

    Uma técnica simples e eficaz para reforçar a sua força de vontade é selecionar algo que anda a adiar há algum tempo, mas que sabe que é importante e não pode continuar a fazê-lo. Decida fazê-lo e no dia seguinte faça-o logo pela manhã. Depois sinta dentro de si o contentamento de ter conseguido fazer essa ação. Ligue ao seu melhor amigo/a e conte-lhe que já ganhou o dia porque fez aquela ação tão importante. Quando desligar o telefone vai ver que se sente muito bem.

    Um dos principais problemas que nos leva a perder a força de vontade é sentirmos que temos tanta coisa para fazer que as ações acabam por não ter fim. Assim se não fizer, não há problema, mas depois ficamos a ouvir aquela vozinha cá dentro: ‘ainda não foi hoje que fizeste aquilo que tens que fazer’, e com isso perdemos imensa energia…

    É claro que se o seu nível de consciência for muito baixo, todo este processo lhe passa ao lado. A única coisa que percebe é que se deita cansado, dorme, mas acorda de novo cansado, e não sabe porquê. Através da realização destas ações e apesar de ter de lutar contra a sua resistência interna, você vai tornar-se mais forte, vai ficar mais calmo e vai conseguir descansar. Tal como os músculos ficam mais fortes, resistindo ao peso de halteres, também as suas capacidades vão sair reforçadas porque foi capaz de superar a sua própria resistência interna.

    2ª Dica – Evite a Procrastinação, ela é o pior inimigo da Força de VontadenProcrastinar é adiar aquilo que sabemos que temos obrigatoriamente que fazer.

    Todos nós temos vontade de adiar ações, decisões ou tarefas, mas este tipo de atitude provoca stresse, sensação de culpa, perda de produtividade, por não conseguirmos cumprir as responsabilidades e compromissos que nos propomos. É um comportamento normal, mas quando acontece com frequência pode tornar-se crónico. A procrastinação torna-se um problema quando impede o fluxo normal das nossas ações e obriga a que os projetos levem muito mais tempo do que o esperado.

    Muitas vezes as causas da procrastinação são psicológicas tendo por base fatores como a baixa autoestima e sentimentos ou emoções negativas. Para além disso este tipo de comportamento provoca o afastamento de si mesmo que a médio prazo, pode levar a uma atitude sistematicamente negativa e derrotista.

    A autodisciplina é uma forte aliada da força de vontade. Assim uma pessoa com forte autodisciplina é perseverante, resistente, pensa antes de agir, termina o que se propôs fazer e tem capacidade para cumprir as suas decisões e planos, apesar das dificuldades. Uma pessoa com uma boa autodisciplina assume o controlo da sua vida, estabelece metas e toma medidas concretas para poder alcançá-las.

    3ª Dica – Comece por concretizar os objetivos mais pequenosnComo já disse a força de vontade é como um músculo e por isso tem de ser trabalhada.

    Assim uma maneira eficaz de fortalecer os seus músculos da força de vontade é fazer uma tarefa rapidamente, sem adiar, independentemente de como você se sente naquele momento. Procure não deixar para amanhã o que pode fazer hoje. Pode estar a ser preguiçoso e adiar a realização daquela tarefa para outra hora, esse é o momento exato para ignorar as objeções da sua mente e realizar a tarefa. Não é necessário que seja uma grande tarefa, pode ser dar uma caminhada, arranjar alguma coisa em casa, ou ler um artigo interessante.

    O caminho certo é começar por pequenas coisas e ir progressivamente para as tarefas maiores. Aos poucos, vai ver a sua força de vontade aumentar e vai ver-se a si mesmo a assumir tarefas e ações maiores. E dentro de pouco tempo as coisas que lhe pareciam impossíveis ficam ao seu alcance e tornam-se possíveis de alcançar.

    4ª Dica – Aumente aos poucos a sua capacidade de foco e atençãonA força de vontade também desenvolve a autodisciplina e estas duas capacidades estão interligadas. Juntas levam ao desenvolvimento da capacidade de concentração.

    O poder de concentração manifesta-se como atenção concentrada e com uma mente focada. Quando se concentra, conserva as suas energias, e os seus pensamentos não se perdem em atividades irrelevantes. É por isso que desenvolver a concentração é vital para qualquer um que aspire ser mais eficiente e assumir o controlo da sua vida.

    A concentração tem vários benefícios. Ela auxilia no estudo, permite uma compreensão mais rápida, melhora a memória, ajuda a focar num objetivo, e por isso acabamos por atingir esses mesmos objetivos com mais facilidade e rapidez. Anote algumas dicas para aumentar a sua capacidade de atenção:

  • Faça apenas e só uma tarefa de cada vez;n
  • Quando está a trabalhar foque a sua mente no está a fazer, como se fosse a coisa mais importante do mundo e não mude de tarefa até terminar;n
  • Numa conversa faça um esforço e escute atentamente o que a outra pessoa está a dizer, não deixe que o seu cérebro se foque no que lhe quer responder. Este é um dos exercícios mais difíceis de fazer…n n5ª Dica – Alinhe-se e entre em contacto com a sua força interiornLembra-se de quando decidiu algo muito importante e não deixou que ninguém o influenciasse? Traga de novo à sua mente essa força interior que sentiu. Respeite esse poder que há em si. Agora entre de novo em contato com a sua força interior e decida o que quer para si. Se decidir passar à ação vai sentir-se muito mais forte e equilibrado, vai aumentar a sua autoestima, e vai estar muito mais alinhado consigo mesmo.

    Aprender a ligar-se conscientemente a esta força interior é a chave para poder avançar a passos largos na sua vida. É também decidir que quer tornar real a melhor versão de si mesmo. Não perca esta oportunidade, centre-se, decida-se, atue e depois sinta-se cada dia uma pessoa mais forte.

    6ª Dica – Desenvolva hábitos de vida positivos e fique contente consigo mesmonO pensamento positivo começa com uma vida de hábitos positivos.

    O pensamento positivo é uma atitude mental e emocional que se foca na melhor versão de nós próprios e nos permite viver o lado bom da vida. Uma pessoa positiva tem níveis mais altos de felicidade, antecipa o sucesso e acredita que vai vencer os obstáculos ou as dificuldades. Para que isto resulte na sua vida, a chave é perceber que há uma lição a aprender em todos os desafios que enfrenta.

    Se olha para um problema e só vê a parte negativa, não vai perceber porque e que este desafio está na sua vida, mas se olhar para ele e pensar: ‘bem, estás a pôr-me a cabeça em água, mas vou descobrir o que tenho que aprender para te ultrapassar’, vai ver que muito mais depressa descobre o que tem que alterar. E sempre que o conseguir, lembre-se de comemorar, lembre-se de ficar contente consigo mesmo.

    Muitas vezes não paramos para pensar, mas todos nós temos situações nas nossas vidas das quais nos orgulhamos. É importante ter tempo para ficar contente consigo próprio. Foque-se nessas situações, lembre-se de como se sentiu quando ultrapassou esses problemas, e depois pense: ‘se já passei por isto, também vou ser capaz de passar pelo que agora enfrento’. Peça ao Universo que o ajude. Fale com os seus amigos, ou peça ajuda aos seus melhores colaboradores. Se tiver esta atitude de humildade, rapidamente vai perceber o que deve mudar.

    Depois junte toda a sua capacidade de foco e força de vontade e mude o que tem de mudar. Vai ver que à medida que esta forma de atuar se torna para si recorrente, o tempo de resolução dos problemas vai ser cada vez mais curto. E quando isto acontecer vai ter mais tempo para se focar no que verdadeiramente o pode fazer crescer, a si e ao seu negócio.

  • COMPARTILHAR
    Artigo anteriorApito – Venha o árbitro!
    Próximo artigo‘Trojan Horse was a Unicorn’ continua em Tróia
    Teresa Botelho
    Teresa trabalha como Business & Executive Coach para a ActionCoach Internacional. O seu objetivo é treinar Empresários e Empreendedores para que possam ser pessoas mais alinhadas e que possam ter empresas de sucesso. Os seus Cursos e Workshops são já conhecidos em todo o País pela forma simples, mas altamente eficaz, como explica estas matérias e todos os temas relacionados com os negócios e o desenvolvimento pessoal.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor escreva o seu comentário!
    Por favor coloque o seu nome aqui

    10 + nine =