A importância das atividades de team building para equipas em trabalho remoto

Foto de ål nik no Unsplash

A pandemia da COVID-19 trouxe o trabalho remoto aos portugueses. Esta foi uma grande novidade para muitos e abriu as portas a muitas empresas que decidiram continuar nesse regime de trabalho, mesmo depois de ser autorizado o regresso aos locais de trabalho.

Mas embora tenha sido uma experiência positiva para muitos, também trouxe alguns aspetos negativos, como a falta de contacto humano, a falta de motivação, a diminuição na produtividade, entre outros, o que levou a episódios depressivos e não só.

E é por isso que as atividades de team building são tão importantes, para manter o contacto humano e a conexão entre os colaboradores da empresa.

Estas duas razões, só por si, podem melhorar a motivação e aumentar a produtividade, assim como ter influência em alguns dos sintomas da depressão.

Caso consiga ver o benefício das atividades de team building e a sua empresa ainda se encontra em teletrabalho, mas não sabe que atividades implementar, deixamos-lhe cinco sugestões que, acreditamos, vão fazer toda a diferença.

atividades de ginástica em grupo num espaço exterior
Foto de Gabin Vallet no Unsplash

Atividades presenciais

Devido ao facto de cada vez se passar mais tempo em casa, a nossa primeira recomendação vai para as atividades presenciais. Jantares de equipa, passeios ou experiências novas são excelentes opções para fazer fora de casa.

Uma recomendação que achamos interessante é experimentar restaurantes que tenham pratos de outros países. Esta experiência gastronómica é ainda mais interessante se a equipa tiver colaboradores de outros países.

Outra recomendação interessante – e que poderá ser nova para a maioria dos colaboradores – da empresa é alugar um barco em Lisboa e fazer um passeio rodeado apenas por água e pelas fantásticas vistas que o passeio proporciona.

E quem diz fazer um passeio de barco, também diz fazer um passeio a pé, de autocarro ou de tuk-tuk e visitar os locais históricos da cidade ou outras regiões nas redondezas.

Se preferir, pergunte aos seus colaboradores que tipos de atividades gostariam de experimentar.

ecrã de computador exibindo videochamada com dois interlocutores - um homem e uma mulher - sorrindo
Foto de Visuals no Unsplash

Jogos em equipa

Os jogos também são uma excelente forma de passar um bom tempo, dar algumas gargalhadas e aproximar os colaboradores. Atualmente pode encontrar jogos para todos os gostos, em diferentes temáticas.

Os jogos que ajudam a conhecer melhor os colegas de equipa irão melhorar as relações entre colegas e, portanto, são uma excelente opção. O “verdade e mentira” é um jogo interessante e muito conhecido em que o colaborador partilha duas verdades sobre si e uma mentira e os restantes colaboradores devem tentar descobrir qual é a mentira.

Outro jogo interessante e um pouco mais competitivo que o anterior é o “Proibido dizer sim e não”. A dinâmica deste jogo é simples, quem disser as palavras proibidas (sim ou não) terá de desligar a câmara e, no final, restará o vencedor. Mas e quem faz as perguntas a cada um dos colaboradores? Os próprios colaboradores.

Já os jogos de RPG são ideais para os colaboradores que não se importam de ser outros personagens durante o jogo. Normalmente existe um narrador (que os vai guiar ao longo da história) e personagens que serão atribuídas (ou escolhidas) aos restantes colaboradores. A partir daí é seguir até ao final da história.

grupo de pessoas conversando numa reunião no escritório
Foto de Cherrydeck no Unsplash

Atividades de desenvolvimento pessoal

Como dissemos anteriormente, os colaboradores estão a enfrentar diversos desafios que surgem com a falta de contacto humano. Por essa razão, atividades de desenvolvimento pessoal são um excelente complemento às atividades de grupo.

Aqui podem ser adicionadas atividades de autoconhecimento, discussões acerca da situação atual do país e dos medos que cada um ainda está a sentir, momentos de meditação ou, se for possível, aulas de yoga ou semelhantes.

O importante é estimular a partilha genuína durante as sessões.

Atividades de desenvolvimento intelectual

Outros colaboradores, em momentos de stress, preferem fazer atividades intelectuais, portanto é importante incluí-las na oferta. Existem diversas formas de partilhar conhecimento ou desafios intelectuais com os colaboradores.

A nossa recomendação neste caso é fazer workshops e masterclasses em equipa que abordem determinados temas. Além de ser uma forma de melhorar as competências dos colaboradores, também é uma forma de melhorar a conexão entre os mesmos.

pessoas visitando uma galeria de pintura
Foto de Jessica Pamp no Unsplash

Momentos de partilha

As reuniões mais leves e de partilha também são bem-vindas e uma excelente forma de criar relações com base em gostos pessoais.

Nestes momentos podem ser partilhados hobbies que façam parte da rotina semanal do colaborador, livros que estão a ser lidos no momento, filmes vistos recentemente ou apenas as “conversas da hora do café”.

Como já não existem esses momentos no escritório, torna-se essencial criá-los ao longo da semana. É um momento livre em que se pode fazer qualquer tipo de partilha.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

9 − 8 =