Adecco Lança Guia Salarial para o Setor Financeiro e Bancário em Portugal

Foto de Markus Spiske em Unsplash

A Adecco, empresa líder global em Recursos Humanos, lançou um Guia Salarial para o setor financeiro e bancário em Portugal. O estudo oferece uma análise abrangente das tendências salariais e das perspetivas do mercado de trabalho para 2024, destacando a importância das competências digitais e comportamentais na atração e retenção de talentos. Bernardo Samuel, Diretor de Recrutamento da Adecco, enfatiza a necessidade de estratégias inovadoras de empregabilidade para enfrentar os desafios atuais.

“Este Guia não só destaca as tendências salariais, mas também fornece uma orientação clara sobre como as organizações podem atrair e fidelizar talentos qualificados, uma vez que a nossa análise revela a importância de competências digitais e comportamentais, comunicação aberta, trabalho flexível e inclusão de colaboradores mais seniores, como pilares para um ambiente de trabalho mais harmonioso e produtivo”, refere Bernardo Samuel 

O guia identifica cinco tendências essenciais, incluindo o défice persistente de competências e a necessidade de atualização profissional. Estratégias sugeridas para promover a empregabilidade incluem manter uma comunicação aberta, oferecer trabalho flexível e acolher colaboradores mais seniores.

No setor financeiro, cargos como Diretor Financeiro e Responsável de Controlling lideram os salários em Lisboa e no Porto. Na banca, destacam-se funções como Private Banking e Corporate Finance. Os Shared Service Centers também oferecem salários competitivos para cargos de gestão, enquanto funções especializadas tendem a receber menos.

Neste sentido, o setor Financeiro e da Banca encontra-se em constante evolução, refletindo-se em salários competitivos para atrair e manter os melhores profissionais. Assim, no setor Financeiro, as funções com os salários mais elevados incluem o Diretor Financeiro, com uma faixa salarial de €50,000 a €120,000 em Lisboa e €40,000 a €100,000 no Porto, seguindo-se o Responsável de Controlling, com salários entre €40,000 e €90,000 em Lisboa e €40,000 a €60,000 no Porto.

Em contrapartida, as funções com os salários mais baixos neste setor são o Técnico de crédito e cobranças, com salários de €18,200 a €32,000 em Lisboa e €18,000 a €25,000 no Porto e o Técnico de Contabilidade, que recebe entre €19,600 e €40,000 em Lisboa e €18,000 a €28,000 no Porto.  

Enquanto no setor da Banca, as funções melhor remuneradas incluem o Private Banking, com salários entre €30,000 e €70,000 em Lisboa e €33,000 a €73,000 no Porto e Corporate Finance, com uma faixa salarial de €22,400 a €90,000 em Lisboa e €21,000 a €60,000 no Porto.

Ao contrário das funções de Product Specialist, com uma faixa salarial de €28,000 a €60,000 em Lisboa e €23,000 a €35,000 no Porto e de Auditor Interno, com salários de €37,400 a €49,000 em Lisboa e €21,000 a €60,000 no Porto, que são as com os salários mais baixos.  

Já nos Shared Service Centers (SSC), as funções com os salários mais altos incluem o Head of SSC / Head of GBS, com uma faixa salarial de €86,000 a €154,000 em Lisboa e €60,000 a €100,000 no Porto, seguido do Accounts Payable Manager e do Accounts Receivable Manager, ambos com salários entre €47,000 e €61,000 em Lisboa e €35,000 a €50,000 no Porto.

Em contrapartida, as funções com os salários mais baixos neste setor são o Travel & Expenses Specialist, com uma faixa salarial de €19,000 a €28,000 em Lisboa e €18,000 a €26,000 no Porto e o Accounts Payable Specialist, que ganha entre €23,000 e €30,000 em Lisboa e €21,000 a €28,000 no Porto.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

14 − three =