BiLD Analytics anuncia ronda de investimento de 500 mil euros

Foto: BiLD Analytics

A BiLD Analytics, empresa portuguesa especialista em análise de dados, fechou uma ronda de investimento de 500 mil euros. Apesar das adversidades da pandemia, a empresa conseguiu duplicar a faturação em 2020, fechando o ano com 1 milhão de euros.

Com esta ronda de investimento, a BiLD Analytics apostará na sua capacidade de execução, empenhando-se na internacionalização, com a abertura de um escritório em Bruxelas até ao final do ano, e ainda no desenvolvimento de produtos próprios que estarão ligados à área da data science e analytics.

Para Diogo Dias, cofundador da BiLD Analytics, “esta ronda de investimento é muito importante para o nosso trabalho, porque é um reconhecimento do que temos feito e dos valores que seguimos. O último ano trouxe muitos desafios, mas, ainda assim, conseguimos crescer 100% e ainda aumentar o nível de satisfação dos clientes que, para nós, é o mais importante. A partir de agora, continuaremos a investir em mais objetivos que temos, nomeadamente a internacionalização, o crescimento da equipa e ainda o desenvolvimento de produtos próprios”.

O anúncio desta ronda de investimento coincide com o lançamento da primeira academia de formação em tecnologia Databricks em Portugal que, com os objetivos de combater a escassez de talento nesta área e oferecer às empresas uma solução de armazenamento e processamento de dados mais flexível, visa formar profissionais através de um programa intensivo de 4 meses a engenheiros e recém-licenciados de cursos de STEM (ciência, tecnologia, economia e matemática).

Databricks é um software em rápida ascensão que permite às organizações aumentarem a performance do processamento de dados na cloud, não precisando de ter processadores físicos, estando apenas conectados a uma drive online, fazendo com que seja um verdadeiro aliado para as empresas e para o seu trabalho de gestão de dados. Já é utilizado por mais de cinco mil organizações em todo o mundo, incluindo Shell, Comcast, CVS Health, HSBC, T-Mobile e Regenero.

“Durante o período de formação, os formandos são contratados pela BiLD Analytics e, por isso, assinam contrato e recebem uma bolsa mensal. Não queremos discriminar nenhum candidato pelas suas possibilidades financeiras. No fim dos 4 meses de formação, ficam a trabalhar para projetos da BiLD e de respetivos clientes que, até agora, e com duas edições realizadas, mostram uma satisfação de 100%”, acrescenta Diogo Dias.

Para o futuro, a BiLD pretende continuar a formar profissionais em Databricks, tencionando realizar mais uma edição até ao final deste ano. Atualmente com 40 colaboradores, a BiLD tem como objetivo continuar a aumentar a equipa, chegando aos 50 colaboradores até ao final de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twelve + three =