Bolt fecha 2020 com investimento de 150 milhões de euros

Foto de Bolt

A Bolt, a principal plataforma de mobilidade europeia, fechou uma ronda de investimento de 150 milhões de euros, para reforçar a qualidade e segurança dos seus serviços de mobilidade.

O investimento, liderado pela D1 Capital Partners, com a participação da Darsana Capital Partners, servirá para a Bolt continuar a aumentar os seus serviços de transporte, micromobilidade e entrega de alimentos na Europa e em África.

No início deste mês, a Bolt lançou a trotinete elétrica de quarta geração, totalmente desenvolvida pela sua equipa interna, com o objetivo de se tornar no modelo mais seguro do mercado, graças aos sensores com capacidade para detetar padrões de condução inseguros e a sua construção otimizada para proporcionar uma estabilidade extra e manobras ainda mais seguras.

“Apesar dos efeitos da pandemia de COVID-19, a Bolt assistiu a um grande crescimento no último ano. Quase duplicámos o nosso número de clientes e lançámos os nossos serviços, desde o ride-hailing até à micromobilidade e entrega de alimentos em 50 novas cidades, uma delas Lisboa”, destaca Markus Villig, CEO e Cofundador da Bolt.

“Em 2021, estamos a fortalecer o nosso compromisso para sermos líderes da indústria em segurança e qualidade da plataforma. Por isso, continuamos a planear lançar soluções ainda mais inovadoras, como a verificação da cara do condutor e a monitorização automática da viagem, através da utilização de sistemas que permitam prevenir potenciais incidentes e assegurar aos nossos clientes um serviço de grande qualidade” adianta o responsável da empresa.

Para Dan Sundheim, fundador da D1 Capital, a equipa da Bolt “tem executado um trabalho incrível durante este ano tão desafiante e continua a proporcionar serviços com enorme valor, segurança e flexibilidade a milhões de utilizadores. Estamos otimistas quanto à oportunidade de crescimento que se avizinha para a Bolt após a pandemia de COVID-19 e estamos ansiosos por apoiar a equipa a investir na inovação dos serviços durante os próximos anos”.

Em 2020, a Bolt expandiu os seus serviços para mais de 200 cidades em 40 países e atingiu 50 milhões de utilizadores a nível mundial. Para além do ride-hailing, a Bolt planeia tornar-se o maior fornecedor de micromobilidade da Europa, lançando trotinetes elétricas em mais de 100 cidades no próximo ano. O novo serviço de entrega de comida, Bolt Food, lançado em Portugal em outubro, está atualmente disponível em 16 países e 33 cidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eleven − 8 =