Building The Future 2023 arranca hoje

Building The Future
Andrés Ortolá e Filomena Cautela no palco do evento Building The Future

O Building The Future, o principal evento português de transformação digital arranca hoje. Durante dois dias, os mais de 100 oradores, distribuídos por 50 sessões vão debater as ultimas tendências no mundo digital em workshops temáticos e palestras que colocam em destaque temas fundamentais como Financial Services, Utilities, Retail & Services, Health, Low Code, Cibersecurity, Data e Customer Experience.

A iniciativa da Microsoft e da Imatch é gratuita e está acessível online. O ciclo de palestras de Building The Future inicia-se hoje às 09 horas e termina às 18 horas de amanhã, dia 26.

Para partilhar a sua visão de futuro sobre alguns destes temas, destacam-se Robin Teigland, nomeada uma das mulheres mais influentes da Suécia, professora de Estratégia e Gestão da Digitalização na Universidade Técnica Chalmers (Suécia) e cofundadora do Peniche Ocean Watch e do Ocean Tech Hub em Portugal, através dos quais potencia projetos de economia circular azul; Siim Sikkut, antigo CIO do Governo da Estónia e  uma das pessoas mais influentes do mundo no governo digital, segundo a Apolitical; David Carmona, General Manager de Artificial Intelligence & Innovation na Microsoft e autor do livro da O’Reilly The AI Organization, e Miguel Vicente, WW Commercial Lead de Azure Gaming na Microsoft Corporation responsável pela operação comercial dos serviços de Cloud para a área de Gaming, na equipa Xbox.

Principais oradores da conferência da Microsoft Portugal Building The Future

A edição deste ano, conta ainda com a participação especial do Banco Alimentar Contra a Fome para falar sobre o impacto da transformação digital nas organizações sem fins lucrativos.

O painel “Banco Alimentar: um caso de transformação digital no setor social”, terá a presença de Isabel Jonet, presidente e fundadora do Banco Alimentar, e Tiago Andrade e Silva, Principal TPM Lead, Commercial Software Engineering da Microsoft, e cai decorrer no segundo dia do evento, dia 26 de janeiro, pelas 10h, para explicar de que forma o programa 365 Nonprofit da Microsoft permitiu ao Banco Alimentar reduzir tempo e recursos, automatizando processos e melhorar a cibersegurança.

“Através da tecnologia, neste caso das ferramentas da nossa cloud, Microsoft Azure, acreditamos, e vamos explicar, dando como exemplo o caso prático do Banco Alimentar, como podemos ajudar as organizações sem fins lucrativos a alcançar mais e a impactar de forma positiva as pessoas e comunidades em situações de necessidade”, explica Patrícia Mestre, Chief Marketing Officer da Microsoft Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twenty − nine =