Business Transformation Summit 2017 – Debater novos paradigmas de negócio

A conferência Business Transformation Summit traz a Portugal algumas das principais referências internacionais na discussão dos novos modelos de negócio. O evento vai decorrer no Centro de Congressos no Lagoas Park no dia 17 de outubro.

A CEGOC, empresa internacional líder em formação profissional, vai realizar a 2ª edição do Business Transformation Summit. A conferência agendada para o dia 17 de outubro de 2017, no Centro de Congressos Lagoas Park, em Oeiras, propõe-se discutir as profundas alterações nos modelos de negócio, aceleradas pela transformação digital e da própria sociedade.

O Business Transformation Summit 2017 destina-se a “todas as empresas que pretendem estar na vanguarda do seu setor de negócio e diferenciar-se num mundo em constante mutação que está a ser marcado por um crescimento sem precedentes de novos modelos de negócios e tecnologias emergentes que importa perceber e acompanhar”, sublinha o comunicado da organização.

Os empreendedores e gestores terão assim oportunidade de participar no debate e a discussão sobre empresas e modelos de negócio disruptivos, virados para o mercado global, onde a tecnologia e a informação se assumem como ativos-chave que importa perceber e acompanhar.

Os especialistas

Na conferência, assim como nos 5 Transformation Labs contemplados no programa, encontram-se temáticas como as Tecnologias Exponenciais, a Inteligência Artificial, ou as Transformações no Mundo do Trabalho, apresentados por oradores internacionais que são referências na área.

Nomes como Gerd Leonhard, Manuela Veloso ou Laura Overton marcam os painéis de discussão da principal conferência do dia, mas também Luís Martins, Vivian Heijnen e Alberto Rento, juntar-se-ão para, nos 5 Transformation Labs previstos, abordar temas como “Tirar Partido da Realidade Aumentada” ou o “Referencial 70:20:10”, uma abordagem que permite alavancar performance utilizando 100% do potencial.

Gerd Leonhard, Future Strategist e CEO da The Future Agency, que irá apresentar a palestra ‘Towards Exponential Growth – Antecipar o futuro num mundo de tecnologias exponenciais’ onde explicará a transformação digital e tecnológica como uma realidade inegável. “Neste momento encontramo-nos no início de uma era de transformações e crescimento exponenciais.

Que oportunidades e desafios teremos de superar neste contexto ou como podemos minorar o impacto negativo dos avanços tecnológicos sem anular as suas vantagens”, são algumas das questões que se colocam e que Gerd Leonhard promete abordar ao mesmo tempo que se propõe desafiar a compreensão de um futuro moldado “numa era de crescimento sem precedentes e num contexto laboral onde as máquinas poderão vir a fazer parte do nosso trabalho atual”.

Gerd Leonhard irá igualmente dirigir o LAB#1, com o tema ‘Megashifts’, ideia-chave do seu mais recente livro ‘Techonology vs. Humanity’, onde abordará estratégias práticas para as enfrentar e ser bem sucedido, fazendo crescer o seu negócio.

Manuela Veloso, Head of The Machine Learning Department na Carnegie Mellon University, EUA e Co-Fundadora da RoboCup vai fazer uma palestra sobre “Human IA Interaction – Como a interação com a Inteligência Artificial vai impactar o futuro”, onde dissertará sobre as controversas potencialidades e ameaças da Inteligência Artificial.

“A questão que se coloca atualmente é se compreendemos bem o que é a IA e o quão avançado se encontra o seu desenvolvimento” explica a professora Manuela Veloso que desenvolveu várias gerações de robôs autónomos, ao longo de mais de duas décadas (entre os quais os CoBot – robôs com capacidade de aprender e interagir com os seres humanos, e de explicar as suas experiências na nossa linguagem). Nesta conferência, abordará de que forma podemos tirar partido da nossa complementaridade com a inteligência artificial em termos de perceção, cognição e atuação, adquirindo competências para melhor interagir e lidar com ela.

Manuela Veloso será ainda responsável pelo LAB#2 – sob o mote de Machine Learning – e de que forma a IA pode aumentar a sua capacidade de prever e tomar decisões.

Laura Overton, Fundadora e CEO da Towards Maturity, Docente no Chartered Institute of Personnel and Development (CIPD) e no Learning and Performance Institute, UK, escolheu como tema da sua conferencia a “Learning Transformation in the changing world of work – impactar pessoas e organizações através da inovação na aprendizagem”.

“As transformações no mundo do trabalho criam desafios e oportunidades únicas às empresas que, cada vez mais, procuram colaboradores ágeis e capazes de liderar a mudança. Neste contexto, os responsáveis de L&D têm um papel fundamental nas suas organizações”, justifica.

Durante a conferência Laura Overton irá partilhar as conclusões retiradas de uma amostra com mais de 35.000 colaboradores e 5.500 responsáveis de L&D e que indicam o que está a impulsionar a aprendizagem do futuro, quais as estratégias mais inovadoras e como liderar essa transformação.

Laura Overton será ainda responsável pelo LAB#3, sob o tema ‘Ready For The Future os Learning’ visando explorar e ajudar todos os presentes a integrar estratégias de aprendizagem inovadoras na sua organização.

Além destes conferencistas haverá ainda mais dois Transformation LABS, com o objetivo de explorar uma componente mais prática dos temas e entrar num nível de imersão mais profunda: LAB#4 sobre Augment Your Reality, realizado por Luís Martins, Head of Marketing na IT People Innovation, a incidir sobre a temática da Realidade Aumentada e de que forma interagimos com a mesma num contexto de negócios e de lazer e o LAB#5, sobre o Referencial 70:20:10 – Alavancar a performance e utilizar 100% do potencial – com a presença de Vivian Heijnen, Cofundadora do 70:20:10 Institute e Alberto Rendo, Responsável de Recursos Humanos da IKEA Industry em Paços de Ferreira, onde se apresentarão casos reais de aplicação do referencial 70:20:10, e de que forma o mesmo impacta os resultados operacionais, colocando as áreas de GRH e L&D no centro das iniciativas estratégicas para aumentar a competitividade nas organizações.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 × four =