Bynd VC investe em startup dedicada à saúde menstrual

Foto de Freepik

A Bynd Venture Capital coliderou a ronda de investimento seed de 1,7 milhões de euros da Guud Woman, uma femtech (startup tecnológica dedicada à saúde feminina). A sociedade de capital de risco portuguesa alarga o seu portefólio em soluções de healthtech, num investimento em que participaram ainda a Unbundled.VC, a Upscalers e a Eden Ventures.

A Guud Woman foi fundada, na Bélgica, em 2020, por Morgane Leten e Jan Deruyck, casal que percebeu a necessidade de melhorar o apoio e produtos para a saúde menstrual. O projeto foi construído a partir de Portugal durante a pandemia de Covid-19. Focado nos mercados da Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo, começou como uma comunidade de apoio para mulheres que tinha como objetivo proporcionar uma melhor compreensão dos seus ciclos menstruais. Atualmente a empresa fornece uma gama de suplementos sustentáveis, juntamente com uma equipa de especialistas que presta apoio em tempo real por chat sobre assuntos que vão desde a menstruação à gravidez.

“Desde o primeiro dia, a nossa visão para a Guud Woman foi ser muito mais do que uma empresa de suplementos. Queríamos capacitar as mulheres de forma holística, em parceria com uma equipa de peritos, entre os quais, parteiras, nutricionistas, médicos, farmacêuticos, ginecologistas e terapeutas de saúde sexual, o que nos permite oferecer um apoio e produtos apoiados em investigações científicas recentes”, afirma Morgane Leten, cofundadora da empresa. “Com o apoio dos nossos investidores, podemos avançar para a próxima fase da nossa missão: fazer crescer a nossa plataforma de saúde menstrual para orientar e capacitar ainda mais mulheres em todo o mundo para que se possam sentir bem, todos os dias do mês”.

“Com este investimento, podemos revolucionar a forma como as mulheres abordam a sua saúde menstrual. O nosso objetivo é capacitá-las proativamente com conselhos personalizados, ajudando-as a evitar problemas menstruais em primeiro lugar. Ao tirar partido das informações e dados recolhidos, e ao colaborar com os melhores especialistas da comunidade científica, seremos pioneiros neste tipo de abordagem”, acrescenta Jan Deruyck, cofundador da Guud Woman.

Francisco Ferreira Pinto, sócio da Bynd Venture Capital, acrescentou: “É com grande orgulho que nos juntamos à missão da Guud Woman de melhorar a vida das mulheres através dos seus produtos excecionais e do seu apoio inabalável. Ao dar prioridade ao bem-estar das mulheres ao longo de todo o seu ciclo menstrual, a Guud está a fazer a diferença, de forma profunda, promovendo o conforto e um sentimento de pertença dentro de uma comunidade de apoio”.

A Guud Woman gerou 1,2 milhões de euros em receitas correntes nos primeiros 12 meses após o lançamento inicial do produto e reúne uma próspera comunidade com mais de 30.000 membros. A empresa recebeu recentemente uma subvenção da União Europeia, reconhecendo as suas contribuições para a investigação no domínio da saúde menstrual. Esta ronda de investimento permitirá à Guud Woman aumentar a equipa, expandir a sua presença em toda a Europa, bem como desenvolver e a melhorar o seu modelo de cuidados inovador para prestar um apoio melhor e mais personalizado às mulheres e contribuir com dados objetivos para o mundo da ciência e da tecnologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 × 3 =