Bynd Venture Capital investe em imobiliária para nómadas digitais

Na foto: irmãos Stanley e Jeremy Fourteau, fuindadores da Ukio

Bynd Venture Capital reforça investimento em plataforma imobiliária de aluguer de curto prazo. A Ukio, presente em Portugal, Espanha e Alemanha, levantou uma ronda de financiamento de 27 milhões de euros de investidores portugueses.

A Bynd Venture Capital, sociedade gestora de capital de risco portuguesa, participou na ronda de investimento Série A de 27 milhões de euros da Ukio, uma plataforma de aluguer de apartamentos mobilados a curto prazo, destinada aos nómadas digitais. Este é segundo investimento da Bynd VC na startup espanhola, depois de ter participado na ronda de 7,6 milhões de euros, em 2021.

O investimento foi liderado pela Felix Capital e contou com a participação da Bynd VC, da Breega, da Partech, da Heartcore, da Kreos Capital e de outros investidores privados. A startup pretende cimentar a sua posição estratégica na Europa, incluindo Portugal, como uma solução adaptada ao estilo de vida moderno.

Fundada em 2020 pelos irmãos Stanley e Jeremy Fourteau, com sede em Barcelona e presente em Lisboa, a Ukio é uma plataforma que fornece apartamentos mobiliados para estadias de curto-prazo, sendo que o processo de escolha por parte do utilizador é totalmente digital. Esta solução inovadora surge em resposta aos modelos de trabalho flexíveis que as empresas e colaboradores adotaram no pós-pandemia. Desta forma, a startup oferece alojamentos de acordo com as necessidades atuais de cada indivíduo, facilitando, através da sua plataforma, a procura de casa numa nova cidade ou país.

Para Francisco Ferreira Pinto, sócio da Bynd Venture Capital, o reforço no investimento é também um renovar de confiança na equipa e na sua evolução. “A Ukio trouxe um modelo totalmente adaptado às novas tendências de trabalho e o seu crescimento em apenas dois anos vem demonstrar a sua adequação às verdadeiras necessidades do mercado. Temos vindo a acompanhar este crescimento e vemos potencial para que a Ukio se torne líder neste segmento. Têm a equipa e a ambição certas e estamos muito entusiasmados por poder contribuir para o seu percurso de sucesso”.

Stanley Fourteau, cofundador da Ukio, explica que “encontrar e alugar um apartamento por um mês ou mais ainda é incrivelmente complexo e demorado para os consumidores modernos que estão habituados a fazer tudo e qualquer coisa digitalmente. A Ukio foi criada para superar este desafio”.

Com esta ronda de investimento, a Ukio pretende aumentar significativamente os seus colaboradores para desenvolvimento da plataforma, desenvolver um serviço B2B para adequar os serviços a empresas internacionais, e ainda, expandir a sua presença noutros países europeus até ao final de 2023. Atualmente, a startup espanhola tem 500 apartamentos espalhados por Lisboa, Barcelona, Madrid e Berlim com uma taxa de ocupação de 96%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × five =