Catarina Fonseca: “Programa de Neurodiversidade Oferece Oportunidades para Pessoas do Espectro do Autismo”

Na foto: Catarina Fonseca, coordenadora do programa de Neurodiversidade da Critical Software

Está aberto o período de candidaturas para a 4ª edição do Programa de Neurodiversidade, uma iniciativa liderada pela Critical Software, Critical Techworks e pela Specialisterne, agora com a participação da NOS como parceira. O projeto visa recrutar e formar profissionais autistas, integrando-os em equipas de engenharia informática.

O programa, que já resultou em 22 contratações ao longo de três edições anteriores, tem como objetivo principal abrir portas para pessoas neurodiversas, proporcionando-lhes oportunidades de carreira na área da tecnologia. Este ano, há vagas disponíveis nas áreas de teste e desenvolvimento de software em várias cidades de Portugal, incluindo Coimbra, Lisboa, Porto, Vila Real, Tomar e Viseu.

As candidaturas estão abertas até ao dia 19 de julho. Para esclarecer dúvidas sobre o processo de seleção, serão realizados dois webinars abertos nos dias 22 de maio e 26 de junho, nos quais os potenciais candidatos, familiares, amigos e profissionais da área do autismo podem participar mediante inscrição.

Catarina Fonseca, coordenadora do programa de Neurodiversidade da Critical Software, destaca a importância de adaptar os processos de seleção e integração para promover a equidade. “Não há dúvida que procuramos os melhores talentos, mas estamos conscientes de que, para promovermos equidade, temos de adaptar os nossos processos de seleção e integração. É essencial eliminar possíveis barreiras que possam impedir os candidatos de mostrar o seu potencial contributo para a empresa.”  

Também Marie Kölle, Diretora de Felicidade na Critical TechWorks, salienta o acompanhamento cuidadoso e a preparação meticulosa do processo de integração, enfatizando a importância da comunicação constante para garantir uma transição tranquila para os novos colaboradores.

Isabel Borgas, Diretora de Pessoas e Organização da NOS, realça o compromisso da empresa com a inclusão e diversidade, enfatizando que o programa visa demonstrar como as pessoas neurodiversas podem contribuir positivamente para o ambiente de trabalho e como é fundamental garantir uma integração adaptada para o sucesso do projeto.

Os requisitos para os candidatos incluem idade superior a 18 anos, interesse pela área de TI, nível médio de inglês e conhecimentos de uma linguagem de programação ou metodologias de desenvolvimento, segurança e teste de software. A fase de formação ocorrerá entre setembro e outubro, com a integração dos novos colaboradores nas empresas participantes em novembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five − 5 =