Conferências do Estoril: Gerard Ryle, prémio Pulitzer 2017, é um dos principais oradores

Gerard Ryle (foto de Melissa Golden)

Gerard Ryle , prémio Pulitzer 2017, Richard Roberts, prémio Nobel da Medicina 1993, e Aaron Ciechanover, Nobel da Química 2004, são alguns dos primeiros oradores confirmados para a 8.ª edição das Conferências do Estoril, que decorrerá nos próximos dias 1 e 2 de setembro.

“Re-Humanize Our World” é o tema das Conferências do Estoril deste ano, a partir do qual líderes mundiais influentes em diversas áreas de especialidade são convocados a partilhar a sua ciência e a sua experiência com todas as gerações, desafiando-as a pensar e a agir, no presente e no futuro.

“As Conferências do Estoril têm um papel muito importante por inspirarem todas as gerações e nos desafiarem, enquanto comunidades estratégicas da sociedade, a construir um mundo melhor, mais justo e equitativo.  Estamos empenhados em sensibilizar todas as gerações e em provocar um pensamento crítico sobre as realidades à nossa volta, principalmente junto dos mais jovens, pois só desta forma podemos colaborar na mudança que o mundo tão urgentemente precisa” afirma a Diretora Executiva das Conferências do Estoril, Laurinda Alves, acrescentando ”queremos ser um dos motores de mudança explorando novos caminhos para um futuro mais sustentável e humanizado”.

Na foto: imagem de parte do cartaz do evento

O evento que este ano se realiza nos dias 1 e 2 de setembro, no Campus de Carcavelos da Nova SBE, contará com Gerard Ryle, Diretor do International Consortium of Investigative Journalists (ICIJ) e vencedor de mais de 50 prémios internacionais, incluindo um Emmy e um Pulitzer em 2017, ganho em equipa. Ryle irá participar no primeiro dia do evento, partilhando a sua experiência na área do jornalismo de investigação e o contributo do verdadeiro jornalismo para construir uma sociedade mais justa e equitativa.

Também Sir Richard Roberts, vencedor do Prémio Nobel da Medicina em 1993 e Aaron Ciechanover, vencedor do Prémio Nobel da Química 2004, integram os debates dos dois dias de conferências contribuindo com as suas experiências para a discussão sobre como a pobreza e as alterações climáticas podem influenciar o acesso a cuidados de saúde e intervir nas condições de saúde mental da população mundial. Sir Richard Roberts, mais especificamente vai defender como os Organismos Geneticamente Modificados (GMOs) podem contribuir decisivamente para o combate da fome em geografias como o continente africano, posição que é defendida por 155 Prémios Nobel.

Na Foto: Aaron Ciechanover, vencedor do Prémio Nobel da Química 2004 (Conferências do Estoril)

A estes três nomes, reconhecidos internacionalmente, juntam-se, ainda, Sameera Chukkapalli, Líder da Fundação Obama, e Erden Eruç, a primeira pessoa a completar a circunavegação da Terra totalmente a solo e em embarcação exclusivamente movida por força motriz humana. Ambos sobem a palco para ajudar a refletir sobre como travar a devastação da Terra, bem como discutir formas de cooperação para uma ação conjunta na defesa  das comunidades e dos recursos naturais do planeta.

Outro nome já confirmado é o de Alexandra Palt, da L’Oreal Foundation. Advogada de formação, Alexandra, especializou-se em direitos humanos e trabalhou para a Amnistia Internacional na Alemanha. Também João de Macedo, Surfista de ondas gigantes com palmarés internacional, é ambientalista e co-fundador da organização Save The Waves Coalition.

“As Conferências do Estoril têm um papel muito importante por inspirarem todas as gerações e nos desafiarem, enquanto comunidades estratégicas da sociedade, a construir um mundo melhor, mais justo e equitativo.  Estamos empenhados em sensibilizar todas as gerações e em provocar um pensamento crítico sobre as realidades à nossa volta, principalmente junto dos mais jovens, pois só desta forma podemos colaborar na mudança que o mundo tão urgentemente precisa” afirma a Diretora Executiva das Conferências do Estoril, Laurinda Alves, acrescentando ”queremos ser um dos motores de mudança explorando novos caminhos para um futuro mais sustentável e humanizado”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

one + 4 =