Critical Software atualiza guia de Validação de Software da Agência Espacial Europeia

Imagem de David Mark por Pixabay

Critical Software, empresa de origem portuguesa especializada em soluções de software e serviços de engenharia para o suporte de sistemas críticos, e a empresa dinamarquesa de equipamentos para satélites Rovsing, vão atualizar o guia de Verificação e Validação Independente de Software (ISVV) da Agência Espacial Europeia (ESA). Depois de ter participado na criação do primeiro guia para a indústria espacial europeia, em 2006, a Critical Software vai agora colaborar na modernização desta referência para o setor.

Este novo guia definirá como deverão ser executadas as atividades de ISVV nos sistemas de software dos programas espaciais da ESA. Desta forma, profissionais independentes e empresas podem verificar se o software funciona de acordo com os objetivos estabelecidos e perceber se há falhas ou melhorias de fiabilidade a implementar. Desde 2008 que o anterior manual não sofre alterações.

Esta versão vai seguir as regras de formatação da European Cooperation for Space Standardization, bem como ter em conta as observações da indústria e da ESA em projetos anteriores, incluindo as mais recentes tecnologias e processos de desenvolvimento de software.

“A Critical Software foi uma das primeiras empresas europeias a oferecer serviços de ISVV e o facto de estarmos a liderar esta iniciativa é uma prova do reconhecimento que as nossas competências e experiência têm no mercado”, afirma Nuno Pedro Silva, responsável da Critical Software para esta iniciativa.

“Queremos que este guia seja verdadeiramente útil e eficaz na procura incessante por sistemas seguros e sem falhas, até porque na indústria espacial os acidentes podem ter proporções catastróficas. Para garantir que tal não acontece, vamos contribuir com mais de 20 anos de conhecimento e experiência que temos na indústria espacial”, acrescenta o responsável.

A Critical Software já fornece soluções para o mercado espacial desde 1998, sendo que a ESA e a NASA foram dois dos primeiros clientes da tecnológica sediada em Coimbra. Desde então, a multinacional já esteve envolvida em mais de 20 missões espaciais.

De salientar que a experiência da Critical Software na área da verificação e validação independente de sistemas críticos não se restringe à indústria espacial. Os setores da aeronáutica, dos dispositivos médicos e da ferrovia são outros exemplos onde a tecnológica portuguesa aplica as metodologias de ISVV.

Fundada em 1998, por três engenheiros que se conheceram na Universidade de Coimbra, a Critical Software é hoje uma empresa internacional de tecnologia, com mais de 800 colaboradores e escritórios em Portugal, Reino Unido e Alemanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

6 + 5 =