Critical Techworks, Powerdot e Flanner lideram o ranking das 25 melhores startups do ano

Foto de Frank Busch no Unsplash

A BGI e o EIT Digital divulgaram hoje o Scaleup Portugal Report, que apresenta uma análise das 25 startups tecnológicas mais promissoras de 2023, originadas em Portugal. Estas 25 startups arrecadaram coletivamente 275 milhões de euros, representando um notável aumento de 41% em relação ao ano anterior. A Critical Techworks, Powerdot e Flanner destacam-se nas três primeiras posições do ranking, impulsionando o crescimento do ecossistema tecnológico português.

O aumento significativo do investimento deste ano pode ser atribuído, em parte, à presença marcante de 3 “corporate startups” no ranking. Originárias de grandes empresas do setor automóvel, essas startups são responsáveis por 50% da receita e 45% dos empregos criados dentro do TOP 25. Esta injeção de capital e de oportunidades de emprego proporcionadas pelas empresas do setor automóvel podem, no entanto, afetar a diversidade do ecossistema empreendedor.

“Estas empresas injetam capital significativo e criam oportunidades de emprego, o que impulsiona a economia local. No entanto, também podem dominar determinados setores, potencialmente ofuscando startups mais pequenas e independentes, e influenciando a dinâmica da concorrência de mercado. Assim, embora estimulem a inovação e o crescimento económico, podem afetar a diversidade e o equilíbrio do ecossistema empreendedor”, alerta Cláudia Godinho, da BGI.

O relatório revela que, das 413 startups tecnológicas formadas em Portugal nos últimos cinco anos, as startups do TOP 25 representam quase 80% do investimento total e contribuindo também com 75% das receitas totais, alcançando quase 530 milhões de euros. A origem do investimento destaca-se, com 88% do capital proveniente de fundos de Capital de Risco, e os investidores franceses contribuindo com 68% do total.

Na Scaleup Portugal Gala 2023, foram reconhecidas as melhores startups de cada categoria, sendo Critical Techworks (ICT), NeuroSov (MedTech & Health IT), Flanner (Consumer & Web) e Powerdot (CleanTech & Industry 4.0).

O relatório Scaleup Portugal é elaborado anualmente desde 2017, destacando o papel das startups portuguesas e fornecendo uma visão valiosa para os participantes no ecossistema de startups, antecipando tendências e sucessos futuros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 × three =