Demium Capital investe 2.1 milhões em Portugal

Foto de Demium

O Think Bigger Fund I, o primeiro fundo da Demium Capital, Venture Capital pertencente ao grupo Demium (anteriormente chamado Think Bigger Capital), vai fechar o ano de 2022 com um volume de investimento próximo de 7 milhões de euros, e alcançando os 15 milhões de euros de investimento acumulado nos seus dois anos de vida. O número de startups investidas – em todo o mundo – foi de 49, somando um total de 122 nos dois anos. A estas startups juntam-se mais sete cujas operações já estão aprovadas, mas o investimento apenas será feito em 2023.

Em Portugal, a empresa espanhola investiu cerca de 2.1 milhões de euros – 1.2 milhões de euros em 2021 e 930 mil euros em 2022. Este montante foi investido em 18 startups. Entre as startups investidas este ano com maior potencial destacam-se: a Flagger, um verificador de imagens digital que proporciona um mundo digital fiável, a Orbitas, plataforma analítica que atua como Cientista de Dados Artificial, e a Flair, a nova assistente para Google Meets e Zoom, que ajuda as empresas a analisarem e transcreverem as chamadas de vídeo, entre outras.

No que toca aos setores de atividade, os investimentos da Demium Capital são muito diversificados, mas no Top 5 estão os serviços financeiros e a saúde, ambos com 12% do total, seguindo-se a educação (9%), gaming (5%) e a inteligência artificial (5%). Por distribuição geográfica, 15 % das startups investidas estão ligadas ao hub da Demium em Lisboa, 19% a Valência, 18% a Madrid, 15% a Barcelona, 15% a Málaga e 9,5% aos seus hubs na Europa de Leste.

Incerteza global reduz investimento

Apesar de tanto o volume de investimento como de operações terem sido inferiores ao de 2021, a avaliação feita pela empresa é muito positiva, dado o contexto macroeconómico que marcou o ano, sobretudo a partir do segundo trimestre. Tem sido um período de incerteza económica que afetou muito o ecossistema de investimento, os tempos necessários para fechar as rondas aumentaram, as avaliações diminuíram, o número de operações foi reduzido e também o volume investido, especialmente nas séries C e crescimento.

A estratégia atual da Demium Capital está muito focada em reforçar o apoio às startups investidas, mantendo uma gestão ativa do portfólio, com especial enfoque nas empresas com melhores resultados empresariais. E também fazer novos investimentos (follow-on) para ajudar as startups a continuar o seu crescimento.

Por outro lado, este ano também foi marcado pela aposta no modelo de coinvestimento. Ou seja, além de investir em startups criadas nos programas do grupo, o Fundo tem aproveitado as oportunidades externas para investir em conjunto com outras VCs em empresas com potencial interessante, com o objetivo de alcançar um melhor desempenho para o fundo.

O objetivo da Demium Capital é aumentar as oportunidades de coinvestimento em rondas de seed e pre-seed, uma vez que desta forma as startups podem ter maior liquidez para continuar a avançar no seu projeto e alcançar a validação externa do seu modelo de negócio. A ideia é chegar a acordos com outras VCs, a fim de duplicar as possibilidades de coinvestimento.

Na foto: grupo de colaboradores da Demium

Dois anos de uma trajetória bem-sucedida

O Think Bigger Fund I foi criado em 2020 com uma dotação de 50 milhões de euros, com o apoio de entidades e outros investidores institucionais públicos e privados, family offices e investidores profissionais e individuais minoritários. O objetivo do fundo é investir na fase seed e pre-seed dos setores da inovação. No ano passado, o Relatório Anual de Investimento do PitchBook classificou este fundo como o mais ativo em termos de número de operações no Sul da Europa e o quarto na Europa. Em maio de 2022, passou a chamar-se Demium Capital SGEIC S.A. como parte de uma estratégia de posicionamento do grupo Demium, da qual é uma subsidiária.

A Demium foi criada em 2013 como uma empresa espanhola de âmbito internacional especializada na atração de talento, transformando-a em projetos inovadores e ajudando-os a escalar. Investe nas startups que considera terem o maior potencial de crescimento e escalabilidade, estando também aberta a investir em outros projetos de alto potencial nascidos fora do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 × two =