Efacec ganha contrato de 17,9M€ no Sistema de Mobilidade do Mondego

Foto de Efacec

A Efacec ganhou o contrato para o novo projeto da Metro Mondego (MM), que irá contribuir para a descarbonização e para a sustentabilidade da mobilidade nos concelhos de Coimbra, Miranda do Corvo e Lousã.

O Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM) é um sistema de transporte público de passageiros, do tipo Metrobus, realizado em modo rodoviário, totalmente elétrico e em canal próprio, que irá circular em meio urbano e suburbano, reduzindo os níveis de ruído e melhorando a qualidade do ar de toda a envolvente. Será implementado nos concelhos de Coimbra, Miranda do Corvo e Lousã numa extensão de 42km, distribuídos por duas linhas com 41 estações, assegurando até 13 milhões de viagens ao ano.

O contrato prevê uma parceria a sete anos, entre desenvolvimento tecnológico, construção e consequente manutenção, abrange a conceção e construção, durante 22 meses, de todos os sistemas de telemática, que incluem, entre outros, os sistemas de SAE (Sistema de Apoio à Exploração), rede de dados de suporte à exploração, informação ao passageiro, sincronismo horário, videovigilância, semaforização, sinalização rodoviária e os sistemas de telemática embarcados para 40 veículos. Cinco anos serão dedicados à consequente manutenção do Sistema de Mobilidade do Mondego.

“É um orgulho para a Efacec poder contribuir, mais uma vez, para o desenvolvimento da mobilidade sustentável em Portugal e poder melhorar significativamente e através dos nossos projetos, a qualidade de vida de milhões de portugueses. Colocamos o nosso conhecimento e experiência no desenvolvimento tecnológico em áreas estruturantes para a sociedade ao serviço das pessoas, como é o caso da Mobilidade, mas também da Energia e do Ambiente, e isto faz de nós uma empresa verdadeiramente única a nível nacional e internacional”, refere Ângelo Ramalho, Chairman e CEO da Efacec.

Os sistemas de telemática desenvolvidos pela Efacec resultam da junção de tecnologias de telecomunicação com software próprio, permitindo uma gestão integrada, eficiente e segura da nova rede de Metrobus. Esta tecnologia garante ao operador um controlo completo dos sistemas e da segurança para os utilizadores.

O projeto reforça o portfólio desenvolvido para a Infraestruturas de Portugal, que se estende ao longo de mais de 50 anos e que traduz a confiança depositada na tecnologia Efacec e na capacidade de execução das suas equipas.

Atualmente, a empresa está a participar na construção da Fase 4 do Metro de Bergen (Noruega), da Linha Sydavnen do Metro de Copenhaga (Dinamarca), na renovação do Centro de Comando do Metro de Dublin (Irlanda) bem como na extensão da Linha Amarela e nova Linha Circular do Metro do Porto (Portugal).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

19 + sixteen =