Empresas não estão a aproveitar o potencial dos seus dados

A maioria dos gestores não utiliza os dados disponíveis nas suas tomadas de decisões porque são demasiando complexos.
Imagem de storyset no Freepik

De acordo com uma pesquisa, 8 em cada 10 líderes empresariais, afirmam que os dados são essenciais na tomada de decisões na sua empresa. No entanto, 41% desses mesmos líderes referem que são demasiando complexos ou não estão acessíveis, para que os possam apreender claramente.

A Salesforce, empresa tecnológica multinacional líder em Customer Relationship Management (CRM), anunciou hoje os resultados de um novo inquérito global a 10 mil líderes empresariais. O Untapped Data Research é um estudo que avalia como os líderes empresariais utilizam os dados para tomar decisões estratégicas nos seus negócios, enquanto navegam pelas incertezas económicas dos tempos atuais.

Surpreendentemente a pesquisa revela que, embora os inquiridos, considerem importante para os seus negócios a utilização de dados, a grande maioria não está a tirar partido dessa ferramenta para uma melhor tomada de decisões e resultados de negócios.

Embora as empresas concordem com as vantagens de utilizar dados, há uma clara desconexão de como os usam na prática. A maioria das empresas não está sequer a usar os dados produzidos pelas suas ferramentas tecnológicas e, apesar de disponíveis, eles não são usados para tomarem decisões críticas de negócios.

Para justificar esta desconexão, os líderes empresariais relatam “estar paralisados pelo fluxo de dados” e pelo seu desconhecimento em como operacionalizá-los melhor e como usá-los para investir estrategicamente no futuro.

A maioria dos gestores não utiliza os dados disponíveis nas suas tomadas de decisões porque são demasiando complexos
Imagem de storyset no Freepik

De acordo com a pesquisa, 41% dos líderes empresariais refere a falta de compreensão dos dados porque são muito complexos ou não são suficientemente acessíveis; um terço (33%) dos líderes cita a falta de capacidade de gerar insights a partir de dados; e 30% diz estar sobrecarregado com a quantidade de dados, que deve duplicar em tamanho até 2026. Para lidar com essas preocupações, 73% das empresas planeia continuar ou aumentar os gastos com o desenvolvimento de competências em dados e formação para colaboradores.

“Os líderes empresariais estão a enfrentar um dos mercados económicos mais difíceis dos nossos tempos, mas contam com uma vantagem inexplorada para uma melhor tomada de decisão: os seus dados”, diz Juan Perez, Chief Information Officer da Salesforce. “O segredo para gerar insights verdadeiros é casar dados com análises. Uma combinação de dados, análises e as competências de dados necessárias permitem que as empresas maximizem os seus investimentos em tecnologia e descubram oportunidades que impulsionam a estratégia de negócios e fortalecem a confiança do cliente”, explica ainda Perez.

As empresas que utilizaram as análises de dados fizeram-no para decidir preços de acordo com as condições económicas como a inflação; Menos de um terço utilizou os dados na sua estratégia de lançamento em novos mercados. Apenas 17% recorreu aos dados para orientar as suas metas climáticas.

O estudo da Salesforce foi realizado em parceria com a YouGov, em setembro de 2022, e incidiu numa amostra de 9.837 líderes empresariais e tomadores de decisões, incluindo gestores de nível médio e superior, diretores, executivos-chefes, parceiros e proprietários de empresas de todas as dimensões e setores nos seguintes países: Singapura (1.102), Índia (1.095), Austrália (1.072), Japão (1.026), Reino Unido (1.011), EUA (1.010), França (1.008), Alemanha (1.005), Brasil (1.004), e México (504). Os números são representativos da população adulta (maiores de 18 anos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

1 + ten =