Malware e Rastreadores são ameaças escondidas em sites para adultos

Imagem de gstudioimagen1 no Freepik

Sites de conteúdo para adultos, de streaming e de alojamento de vídeos são os que apresentam mais ameaças à segurança informática. De acordo com uma pesquisa da Nord VPN, os sites de adultos contêm a maior quantidade de malware enquanto os sites de streaming têm os anúncios mais intrusivos. Já nos sites de alojamento de vídeos foi onde mais se detetaram rastreadores.

Uma pesquisa da NordVPN, os sites de conteúdos para adultos, de streaming e de alojamento de vídeos têm o maior número de ameaças à segurança e à privacidade, entre as quais malware, anúncios intrusivos e rastreadores.

A pesquisa realizada pela empresa de cibersegurança mostrou que os sites de conteúdo para adultos são os que contêm a maior quantidade de malware (21%), seguidos dos fornecedores de armazenamento na nuvem (14%) e sites de entretenimento (11%).

O malware é um software malicioso que visa danificar ou comprometer um dispositivo ou dados. A abrangência de malware varia do relativamente inofensivo ao extremamente perigoso. O software malicioso pode rastrear os dados das pessoas, roubar informações confidenciais ou até apagá-las sem o seu consentimento.

Os anúncios intrusivos são outra ferramenta de software que, embora inofensivo, irritam os utilizadores por aparecerem inesperadamente, bloquearem a página que se está a consultar, abrirem novas páginas e separadores ou reproduzirem vídeos e áudios em momentos inoportunos. A maioria deste software foi encontrada em sites de streaming (23%), de conteúdos para adultos (16%) e de compras online (9%).

Já os rastreadores, embora sejam uma ferramenta utilizada pela publicidade ou para melhorar a experiência do utilizador, eles podem também ser úteis para espiões online. Através dela, os fornecedores de serviços de internet (ISPs), agências de marketing, empresas de redes sociais e governos podem aceder às suas ações online e violar a sua privacidade.

A pesquisa da NordVPN mostrou que os sites de alojamento de vídeos são os que apresentam este tipo de “espiões” (22%), seguido dos fornecedores de armazenamento na nuvem (16,31%), serviços de email (16,25%) e sites de tecnologias de informação (12%).

Sites de conteúdo para adultos, de streaming e de alojamento de vídeos são os que apresentam mais ameaças à segurança informática
Imagem de pikisuperstar no Freepik

“O mundo online desafia as pessoas a cada movimento que elas fazem. Quer ler um artigo? Dezenas de anúncios e pop-ups estão a postos para imediatamente cobrir o seu ecrã. Outra ameaça à privacidade – malware – está à espreita em sites e ficheiros que está prestes a descarregar. Os sites em que navega também estão cheios de rastreadores de terceiros que analisam o seu histórico de navegação para descobrir o que você faz online. Depende de si colocar um travão nisto”, diz Adrianus Warmenhoven, consultor de cibersegurança da NordVPN.

“Você pode tornar-se menos rastreável online ao recusar cookies de terceiros, porque o site pode vender os seus dados de navegação a terceiros; ao usar uma VPN, que irá ocultar o seu endereço IP real e localização; instalando um bloqueador de rastreadores, que vai impedir que os seus browsers recolham informações sobre si; e usando navegadores de privacidade, que podem ofuscar a impressão digital do seu browser, ou evitando o Google, que rastreia muitos dados sobre si”, diz Adrianus Warmenhoven.

As estatísticas mencionadas foram obtidas a partir da análise de dados agregados recolhidos pelo serviço de Proteção Contra Ameaças da NordVPN durante o mês de janeiro de 2023.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twenty − 10 =