Estudo de Força e Reputação da Marca Portugal com Avaliações Divergentes

Foto de Empreendedor

A Consultora OnStrategy divulgou os resultados do seu estudo de Força e Reputação da marca PORTUGAL, após um trabalho de campo realizado no primeiro semestre de 2023. O estudo abrangeu uma ampla variedade de públicos em 25 países, incluindo cidadãos comuns, estudantes, quadros empresariais, empresários, investidores, emigrantes e turistas.

Foram analisados 16 atributos que incluem notoriedade, confiança, ambiente político e económico, inovação, qualidade de produtos e serviços, valores culturais, entre outros. Em termos gerais, a marca PORTUGAL obteve uma avaliação moderada, com 62,5 pontos junto do público interno, e 60,1 pontos junto do público externo.

Marca Portugal com Avaliação Moderada

No entanto, uma análise mais detalhada revela divergências significativas entre os dois públicos.

Para o Público Interno, os profissionais, investidores e emigrantes registaram uma tendência de crescimento positivo, com os profissionais a atribuir a maior avaliação ao país, com 64,1 pontos. Os atributos mais bem avaliados foram Valores, Cultura, Tradições e Beleza, todos com avaliações superiores a 86 pontos.

Os atributos que registaram crescimento positivo na avaliação incluem Relevância Internacional, Exposição e Comunicação Internacional, Educação e Tecnologia, Beleza, Inovação e Diferenciação e Confiança.

No entanto, alguns públicos internos, como emigrantes e cidadãos, apresentaram avaliações mais baixas e tendências negativas em relação aos anos anteriores. Os atributos pior avaliados incluem Ambiente Político, Relevância Internacional, Governo e Ética, Liderança e Visão, Ambiente Económico e Segurança e Assistência na Saúde.

Por outro lado, todos os públicos externos registaram um crescimento na avaliação do país. Turistas e profissionais atribuíram avaliações moderadas, com 64,0 e 60,0 pontos, respetivamente. Os atributos mais bem avaliados incluem Beleza, Valores, Cultura e Tradições, e Estilo de Vida e Ambiente Social.

Ambiente Político, Relevância Internacional, e Exposição e Comunicação Internacional foram os atributos menos bem avaliados, mas todos registaram crescimento positivo na avaliação.

Globalmente, o estudo destaca uma avaliação mais positiva por parte do público externo em relação aos anos anteriores, enquanto o público interno apresentou uma avaliação mais estável ou negativa.

A pesquisa incluiu 25 países, como Alemanha, França, Itália, Espanha, Polónia, Países Baixos, Grécia, Bélgica, Suécia, Áustria, Dinamarca, Reino Unido, Suíça, China, Índia, EUA, Brasil, México, Japão, África do Sul, Argentina, Canadá, Angola, Moçambique e Emirados Árabes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

17 − 10 =