Estudo IBM: 59% das Empresas Aceleram Investimentos em IA, mas Barreiras Persistem

Imagem de pch.vector em Freepik

Um estudo encomendado pela IBM revela que 42% das organizações com mais de 1.000 colaboradores já estão ativamente utilizando a inteligência artificial (IA) nos seus negócios. No entanto, embora a adoção desta tecnologia esteja em crescimento, muitas empresas ainda enfrentam desafios significativos para a incorporar plenamente.

As empresas pioneiras de IA (59%), que já utilizam as ferramentas de inteligência artificial – embora em diferentes níveis de aproveitamento – planeiam acelerar os seus investimentos nessa tecnologia. No entanto, as restantes 40% ainda estão na fase de exploração ou experimentação, sem implementar totalmente os seus modelos de IA.

As principais barreiras para a implementação bem-sucedida de ferramentas de IA incluem a falta de competências nesta tecnologia (33%), a complexidade excessiva dos dados (25%) e preocupações éticas (23%). Estes obstáculos continuam a ser importantes para as empresas que desejam adotar plenamente a IA nas suas operações.

Rob Thomas, Vice-Presidente Sénior de Software da IBM, observou que as empresas pioneiras que superaram estes desafios estão a expandir os seus investimentos em IA. Ele enfatizou que ferramentas mais acessíveis e a integração da IA em aplicações de apoio à gestão de negócios estão a impulsionar essa expansão.

“Para as 40% das empresas inquiridas que estão “presas” na fase experimental, estou confiante de que 2024 será o ano de enfrentar e superar as barreiras de entrada desta tecnologia como a lacuna de competências, a complexidade dos dados, a escassez de plataformas para desenvolver modelos de IA e a falta de capacidade de governança dos modelos de IA”, salientou.

Países como China, Índia, Emirados Árabes Unidos e Singapura lideram a adoção de IA, enquanto outros, como Espanha, Austrália e França, estão mais atrasados nessa adoção.

Para superar esses desafios, é essencial investir em desenvolvimento de competências, simplificar a complexidade dos dados e estabelecer políticas éticas robustas para governar o uso da IA. A capacitação dos funcionários e a criação de uma cultura organizacional que valorize a transparência e a responsabilidade serão fundamentais para impulsionar o sucesso da IA nas empresas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 × one =