Euromaster prevê chegar às 100 oficinas em Portugal até 2026

Foto de Euromaster

A rede especializada em manutenção de veículos, Euromaster, tem como objetivo cobrir 75% da população e aposta em projetos relacionados com digitalização.

A Euromaster, rede de oficinas especializada na manutenção integral de veículos, prevê atingir 100 centros de manutenção e contar com cerca de 600 profissionais até 2026 em Portugal, no âmbito da sua estratégia de expansão. Com este plano de negócios, o principal objetivo da Euromaster é oferecer um serviço completo de manutenção e assistência que atinja 75% da população.

De acordo com a Associação Europeia de Construtores de Automóveis (ACEA), o parque automóvel português tem uma idade média de 13,5 anos. De facto, dos 5,41 milhões de veículos de passageiros com matrícula portuguesa, um em cada quatro foi matriculado pela primeira vez antes de 2001, ou seja, tem mais de 20 anos.

No entanto, Portugal está atualmente a registar uma recuperação das matrículas. De acordo com dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), foram vendidas 60.563 unidades no primeiro trimestre de 2023, 42% mais do que no mesmo período de 2022 (embora 39% menos do que em 2019).

O objetivo da Euromaster é dar resposta a este mercado. De todos os distritos de Portugal, há cinco nos quais a marca ainda não está presente, e há ainda dez capitais de distrito sem qualquer oficina da rede. Para além disso, há uma aposta fundamental nos grandes centros urbanos, onde se concentra a maior percentagem do PIB português e onde vive quase metade da população.

Todo este esforço de expansão em Portugal decorre em paralelo com o desenvolvimento também da rede em Espanha, pelo que o objetivo da Euromaster é atingir 600 oficinas até 2026 no mercado ibérico. A empresa faz parte do Grupo Michelin e está presente em 19 países europeus, com mais de 2.500 oficinas, 10.000 profissionais e 1.600 unidades móveis.

“Temos toda a experiência de uma rede com décadas de experiência nos principais mercados europeus, que queremos passar para Portugal. Para além disso, as pessoas são fundamentais, porque para a Euromaster não são os carros que entram nas oficinas, mas sim as pessoas com um problema ou uma necessidade. Este é o nosso cartão-de-visita para impulsionar a nossa atividade em Portugal”, afirma Francis Ferreira, diretor- geral da Euromaster para Portugal e Espanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

ten − 6 =