Facebook abre código-fonte de modelos de previsão da Covid-19

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

O Facebook liberalizou o código-fonte dos seus modelos de previsão da Covid-19. A ferramenta de Inteligência Artificial está operacional desde abril do ano passado e agora pode ser usada para ajudar os especialistas em saúde a enfrentar a pandemia da COVID-19.

Desde abril do ano passado que o Facebook criou e partilhou modelos de previsão COVID-19 localizados de elevada qualidade para ajudar os profissionais de saúde e equipas de emergência a determinar a melhor forma de planear e alocar os seus recursos em áreas específicas.

Esses modelos de IA foram desenvolvidos pelo Facebook AI, em colaboração com investigadores académicos do Instituto Courant de Ciências Matemáticas da Universidade de Nova Iorque, da Universitat Politècnica de Catalunya (UPC) e da Faculdade de Matemática e da plataforma de pesquisa Data Science da Universidade de Viena, e utilizam dados de séries temporais – não identificados e disponíveis ao público – sobre a propagação da doença.

Este trabalho, desenvolvido pelo departamento de investigação IA do Facebook e académicos, que têm estado entre os modelos mais precisos desde o início da pandemia. Agora, a plataforma está a abrir o código-fonte de todos os modelos de previsão de COVID-19 para que as equipas de resposta, governos e investigadores possam utilizá-los para ajudar ainda mais as suas comunidades.

Através desse esforço aberto de investigação, o Facebook também espera ajudar a avançar as previsões epidemiológicas, uma vez que permite aos investigadores reutilizar, estender e melhorar os seus métodos.

O Facebook continuará a fornecer previsões diárias para os Estados Unidos, que são mantidas pelo Data for Good e Facebook AI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

three × 1 =