Freakloset é a nova startup de calçado premium

Produzidos em Portugal, os sapatos Freakloset são feitos à mão, recorrendo às técnicas mais inovadoras de confeção e permitindo ao cliente personalizar online escolhendo diferentes cores de pele, de tecido, de sola e de atacadores, para mais de 50 mil combinações. ‘Pegámos no design simples e intemporal destes modelos e demos-lhe um twist de modernidade atribuindo-lhes novas cores e materiais improváveis, como o neoprene’, refere Joana Lemos, Designer & Founder da Freakloset.

A ideia partiu da jovem empreendedora de 26 anos, Joana Lemos. Incentivada pela vontade de criar um produto inédito, que se adaptasse a diferentes estilos e personalidades, Joana criou o primeiro esboço da Freakloset, fruto da sua tese de mestrado na ESADE, de Barcelona. Após a análise de mercado, decide avançar com a criação da marca em Portugal, procurando os melhores materiais e processos de produção, aliados à qualidade do design para apresentar um produto exclusivo.

Apesar de ter começado em 2016, a Freakloset procura avançar rumo à internacionalização. Foi uma das startups presentes no Web Summit e, em janeiro de 2017, irá apresentar a sua coleção na London Fashion Week, em parceria com uma reconhecida marca de roupa londrina. ‘Estes são apenas os primeiros passos rumo à expansão da marca que tem por objetivo a internacionalização, já em 2017’, refere Joana Lemos. ‘Tivemos a sorte de nascer num país com uma forte tradição histórica de produção de calçado e isso deve ser capitalizado pela nova geração que pode ‘abraçar’ esta herança e aportar design e inovação à qualidade que já nos é reconhecida mundialmente. Marcas como Josefinas e Fly London são exemplo disso mesmo’, acrescenta a fundadora da Freakloset.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

four × 3 =