Fundadores da Sensei vencem Prémio João Vasconcelos

Ricardo Pires, Joana Rafel e Miguel Fontes
Foto: Startup Lisboa /Miguel Ribeiro Fernandes

Joana Rafael, Nuno Moutinho, Paulo Carreira e Vasco Portugal, fundadores da Sensei, são a equipa vencedora do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano 2021. O prémio foi entregue, quinta-feira, no evento que juntou a comunidade empreendedora na apresentação das startups incubadas perante investidores e empreendedores, e que terminou com a Cerimónia Final do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano 2021.

Fundada em 2017, por Joana Rafael, Nuno Moutinho, Paulo Carreira e Vasco Portugal, a Sensei desenvolve tecnologia baseada em computer vision para a área do retalho. Pioneira no desenvolvimento de soluções para a criação de experiências de compra sem filas e sem fricção para o cliente, foi a empresa que desenvolveu a tecnologia do Continente Labs, o primeiro supermercado autónomo e sem checkout na Europa. Já investida pela Techstars, Seaya Ventures, Iberis, Bright Pixel, Ideias Glaciares e pela alemã METRO AG, a startup ambiciona entrar com lojas autónomas em 5 países, através da criação de parcerias com as principais cadeias de retalho da europa, fazendo crescer a sua equipa de 36 para 100 pessoas.

O prémio de 10 mil euros foi anunciado na Cerimónia Final do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano 2021, por Miguel Fontes, diretor executivo da Startup Lisboa, e entregue por Ricardo Pires, CEO da Semapa Next, entidade parceira e patrocinadora desta edição. Entre os finalistas estavam também: Christopher Barnes e Jeferson Valadares (Doppio), Hugo Venâncio (REATIA), Marta Palmeiro (StudentFinance), Miguel Santo Amaro (Coverflex), Philip Källberg (Shake).

“Temos um ecossistema muito maduro e podemos dizer que a Startup Lisboa tem contribuído de forma decisiva para uma comunidade de empreendedores mais cosmopolita, mais internacional e mais exposta a outras geografias que não a nossa. Hoje, celebramos o ecossistema e um amigo que foi indispensável para o seu desenvolvimento, João Vasconcelos”, afirmou Miguel Fontes.

O vencedor foi eleito entre seis startups finalistas que fizeram pitch perante um júri constituído pelos associados fundadores da Startup Lisboa. Durante a cerimónia, foi também entregue o Prémio de Melhor Pitch, de entre os finalistas do prémio, a Joana Rafael, que representou a equipa na cerimónia. Esta iniciativa pretende premiar o mérito da apresentação dos candidatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eighteen + 18 =