Gabriel Steinhardt – “A Gestão de Projeto tem um papel estratégico no plano do problema.”

Gabriel Steinhardt é um especialista em gestão de projecto reconhecido internacionalmente. É director da Blackblot, autor, palestrante e trabalha no desenvolvimento de ferramentas e metodologias. Nesta palestra dirigida a empresas de software que utilizam software Agile/Scrum no seu dia a dia, e especialmente às pessoas que acumulam as funções/figuras de Project Manager e Product Owner, descreveu as circunstâncias que conduziram à popularidade deste sistema, apresentou algumas das suas fragilidades e analisou o impacto que este teve nas empresas de software e nas funções de gestor de projeto e gestor de produto.

O autor começou por referir que existe uma enorme atividade sobre este tema na internet, criando muita informação mas também muita confusão. Centenas de milhar de buscas estão a ser realizadas todos os meses no Google sobre Gestão de Projeto. Mas ainda há dificuldade em perceber exactamente o que é, quem o desempenha e onde pertence no seio da empresa.

A analogia do balde e pá de plásticonSteinhardt usou a analogia do balde e da pá de plástico, um brinquedo de criança usado para brincar na praia. Do ponto de vista da criança, só interessa o que pode fazer com o brinquedo, isto é, a funcionalidade. Do ponto de vista dos pais, quem compra o brinquedo, interessa o dinheiro, a segurança, a alegria que vão dar à criança, se vão mantê-la ocupada, isto é, o valor, o ROI. Duas entidades olham de forma diferente para o produto. Os pais são o comprador, o filho é o utilizador.

Nas empresas que têm Planeamento de Produto, a funcionalidade do produto é definida para que o utilizador faça o que quer com o produto. O Marketing de Produto transmite a informação necessária sobre o produto, para que o comprador possa tomar a decisão de compra. Juntos, o Planeamento de Produto e o Marketing de Produto compõem a Gestão de Projeto.

O plano do problema e o plano da soluçãonSegundo Gabriel Steinhardt, as nossas vidas estão divididas em problemas e soluções e para tudo há um espaço de problemas e um espaço de soluções. O comprador e o utilizador querem resolver os seus problemas através do produto. Logo, estão no plano do problema. Da mesma forma, o produto e a tecnologia que construiu o produto estão no plano da solução. A Gestão de Projeto reside no plano do problema com o utilizador e o comprador. A engenharia e o desenvolvimento de produto residem no plano da solução. Esta é essencialmente a diferença entre Gestão de Projecto e Desenvolvimento de Projeto. São dois lados da mesma moeda, um no plano do problema e outro no plano da solução.

Gabriel Steinhardt

A responsabilidade do Gestor de Projeto tem sido, ao longo dos anos, movida ao longo da hierarquia, tomando por vezes um lugar demasiado cimeiro, absorvendo todas as responsabilidades incluindo algumas que não lhe competem, ou deixando-se ficar num plano inferior relativamente ao Desenvolvimento. nEm muitas empresas a Gestão de Projeto é identificada sobretudo com o Planeamento do Projeto. Neste contexto, é focada no mercado, não na tecnologia nem no produto, cujo fim é identificar no mercado problemas e depois documentá-los e comunicá-los para que o Desenvolvimento de Projeto possa encontrar soluções. O Gestor de Projeto é um perito em mercado. O Gestor de Projeto está sobretudo a gerir o problema que o produto resolve.

Porém, num ambiente Scrum, a figura do Product Owner nada mais é que o que durante décadas conhecemos Gestor de Projeto de desenvolvimento de software. É responsável pelo ‘backlog’, que contém tudo, e portanto é responsável por tudo. Nas empresas de tecnologia, as funções dominantes são as de engenharia e tudo o resto se adapta. A história demonstra que os Gestores de Projeto foi ‘engolida’ pelo Desenvolvimento, e forçados a transformar-se em ‘Product Owners’.

‘O Scrum não entregou os resultados que prometeu’nDefendendo a ineficiência desta metodologia, Steinhardt afirmou que estão a surgir uma panóplia de novos métodos que reconhecem os Gestores de Projeto como uma posição estratégica no plano do problema, enquanto o Desenvolvimento do Projeto se mantém no plano da solução.

E deixou o desafio para que cada empresa reflita sobre o seu próprio caso. Existe ou não uma divisão clara entre o plano do problema e o plano da solução? Existe ou não uma divisão entre o Desenvolvimento de Produto e a Gestão de Projecto?

Gabriel Steinhardt é CEO da Blackblot e Developer da metodologia Blackblot Product Manager’s Toolkit® (PMTK).

Saiba mais sobre o Plano do Problema vs. Plano da Solução

COMPARTILHAR
Artigo anterior10 hábitos dos empreendedores de sucesso
Próximo artigoPortugal Ventures investe na Stuk.io
Avatar
O Empreendedor é um projecto de empreendedorismo colaborativo que pretende desenvolver e testar novas formas de cooperação entre indivíduos e organizações ligadas ao empreendedorismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 × three =