Huawei Lança Bolsa Global para Desenvolvimento Sustentável

Na foto: Liang Hua, Presidente da Huawei, falando durante o Sustainability Forum

A Huawei anunciou a intenção de levar a conectividade a 90 milhões de pessoas em regiões remotas de quase 80 países e promover o surgimento de novos líderes orientados para a sustentabilidade e o desenvolvimento, através de um compromisso com a Coligação Digital Partner2Connect (P2C), da União Internacional das Telecomunicações (UIT).

No Fórum de Sustentabilidade 2023, que decorreu na última semana em Dongguan, China, Liang Hua, Presidente do Conselho de Administração da Huawei, destacou o papel da infraestrutura digital no desenvolvimento sustentável. A parceria com a UIT visa impulsionar o progresso socioeconómico, promovendo um mundo mais verde e inclusivo.

As infraestruturas digitais de próxima geração, como conectividade e capacidade de computação, são cruciais para o desenvolvimento sustentável. Liang Hua enfatizou que a rápida implantação da infraestrutura informática acelerará a transição digital em vários setores. Por seu turno, Doreen Bogdan-Martin, Secretária-Geral da UIT, reforçou a visão de Liang Hua, sublinhando a interdependência entre tecnologia e desenvolvimento sustentável.

Para impulsionar o surgimento de novos líderes, a Huawei e a UIT lançam a bolsa “ITU Generation Connect Young Leadership Programme in Partnership with Huawei”. Com candidaturas abertas no início do próximo ano, serão selecionados anualmente 30 jovens (dos 18 aos 28 anos) com projetos que utilizem a tecnologia digital para impulsionar o desenvolvimento da comunidade.

O apoio inclui contribuições financeiras, orientação de especialistas da UIT e da Huawei, além de oportunidades de participação em eventos. Cosmas Luckyson Zavazava, Diretor do Departamento de Desenvolvimento de Telecomunicações da UIT, destaca que o digital é crucial para acelerar a realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Em Portugal, nos últimos dois anos, a Huawei entregou 100 bolsas de estudo, totalizando 500 mil euros, a estudantes do ensino superior nas áreas de Engenharia, Tecnologia e Energias Renováveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

thirteen − 5 =