Imobiliário: Brasileiros e norte-americanos são os principais investidores

estrangeiros apostam em investimento imobiliário em Portugal
Foto de Fox no Pexels

Entre janeiro e maio, brasileiros e norte-americanos foram os estrangeiros que mais investiram no mercado imobiliário em Portugal, representando 38% do volume total de transações envolvendo clientes estrangeiros, segundo uma pesquisa da RE/MAX.

A imobiliária dá conta de um crescente interesse de clientes estrangeiros, com os primeiros cinco meses, de janeiro a maio, a representar 21,5% dos negócios da rede. Numa comparação com igual período de 2021, o número de transações envolvendo clientes estrangeiros aumentou cerca de 57%, sendo que os clientes brasileiros foram maioritários, assegurando 30,6% das transações.

De destacar também para um acentuado incremento na procura por parte de norte-americanos, a segunda nacionalidade no investimento imobiliário envolvendo clientes internacionais, com 7,4% das transações, ultrapassando os ingleses, franceses e angolanos.

Ainda que o cliente nacional continue a ser o principal investidor em imobiliário no território nacional, nos primeiros cinco meses deste ano o número de transações envolvendo clientes estrangeiros aumentou cerca de 57% quando comparado com os meses de janeiro a maio 2021, superando a barreira das sete mil transações (7.141), enquanto o crescimento registado, envolvendo clientes nacionais, se cifrou apenas em 3,5% em igual período. 

Segundo Beatriz Rubio, CEO da RE/MAX, “Portugal continua a reunir excelentes condições para atrair investidores estrangeiros, muitos dos quais investem poupanças acumuladas ao longo de anos para aqui viver. Fatores como a segurança, o acolhimento, o clima, a gastronomia e a qualidade de vida, conduzem a que, cada vez mais, os investidores estrangeiros vejam o nosso país como uma opção segura de investimento em imobiliário. Acreditamos que esta dinâmica se mantenha nos próximos meses, dadas as excecionais caraterísticas que Portugal apresenta.”

Imobiliário nacional entra no radar dos norte-americanos

Na análise da RE/MAX, a imobiliária realizou negócios com 102 nacionalidades estrangeiras. Sendo que os norte-americanos revelaram nos últimos meses um forte interesse no imobiliário nacional. Estes clientes entram para a segunda posição do top 5 de nacionalidades estrangeiras com maior número de transações, ultrapassando a inglesa, francesa e angolana, assinalando 7,4% das transações, correspondentes a 243 transações de arrendamento e 285 transações de compra/venda de imóveis.

Numa comparação com os primeiros cinco meses de 2021, os norte-americanos representavam cerca de 5% do total de transações de clientes estrangeiros, sendo que nessa altura já se notava uma crescente importância desta nacionalidade, algo que se acentuou este ano.

Lisboa e Porto são os distritos que captam mais investimento estrangeiro. Em Lisboa o investimento realizado por clientes estrangeiros absorveu 47,9% das transações. No Porto essa percentagem foi de 10% das transações registadas, no período de janeiro a maio, no distrito. Seguiram-se os distritos de Setúbal e de Faro que, conjuntamente somaram 17,3% do volume de transações com investimento estrangeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

3 + eight =