Impacto Covid-19: Portugueses com menos dinheiro para férias

Covid-19 afeta férias dos portugueses
Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay

Segundo um estudo da Fixando, a maioria dos portugueses ainda não planeou as férias deste ano. Embora considerem que têm menos dinheiro para gastar, mais de metade dos inquiridos pretende fazer férias, com uma larga maioria a escolher Portugal como destino preferencial.

Há 30% dos portugueses com uma perda em média de €581 no seu orçamento de férias face a 2019, revela a Fixando, a maior plataforma nacional para a contratação de serviços locais, num inquérito junto de 12.000 indivíduos, nos primeiros 15 dias de maio.

A maioria dos portugueses (75%) não planeou ainda as suas férias para 2020, com 27% a alegar falta de rendimentos, 24% a apontar a incerteza no futuro e 14% com medo de viajar perante a pandemia.

O número dos que planeiam gozar férias é de 58%, enquanto 38% diz que cancelou as suas férias, ou viu as suas férias canceladas (4%) em resultado da pandemia de Covid-19. A consulta dá conta ainda que, dos que planearam férias, 68% decidiu ficar em Portugal.

Fonte: Fixando

O estudo analisou ainda os prejuízos nos cancelamentos de reservas de viagem. Para um valor médio de €1.200 por viajante, os inquiridos relatam uma perda média de €940 desse total, em resultado do cancelamento, sendo que apenas 23% conseguiu reembolso completo, em dinheiro, dos valores já pagos.

O estudo foi realizado pela Fixando, uma plataforma online de origem portuguesa que facilita a contratação de serviços locais. A pesquisa teve uma amostra de 12.000 utilizadores da plataforma, residentes em Portugal, de ambos os géneros e com idade igual ou superior a 18 anos. A informação apresentada foi recolhida com base na análise das respostas a um questionário online realizado em Maio de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

2 × 5 =