Inteligência Artificial para combater o burnout

Inteligência Artificial para combater o esgotamento
Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Projeto desenvolvido por quatro estudantes portugueses alia as novas tecnologias no combate ao burnout sentido pelos enfermeiros, sobretudo em contexto de pandemia da COVID-19, e alcança o Grande Prémio Academia Grace.

O Projeto HealthBot, desenvolvido por quatro estudantes do IPAM, foi distinguido com o Grande Prémio Academia Grace, um concurso anual que desafia estudantes do Ensino Superior a proporem soluções para o futuro do trabalho e do planeta.

Inês Ramalho, Ana Rita Moutinho, Mariana Gomes e Patrícia Catarino, do IPAM, criaram o Projeto HealthBot – reconhecido por ter aliado a inteligência artificial com o “burnout” sentido pelos enfermeiros. O projeto foi desenvolvido no âmbito da “Economia do Consumo” do Mestrado em Gestão de Marketing, cujo modelo académico, experiencial e imersivo, privilegia o trabalho com empresas e a participação em concursos universitários.

as quatro estudantes desenvolveram uma solução de inteligência artificial para situações de elevado stress e esgotamento

O combate à COVID-19 impôs uma grande exigência no trabalho dos enfermeiros que estiveram na linha da frente. Através do Projeto HealthBot as quatro estudantes do IPAM desenvolveram uma solução de futuro que aponta a inteligência artificial como relevante em situações de elevado stress, esgotamento e exigência como a sentida neste enquadramento pelos enfermeiros. 

A VI Edição da Academia GRACE teve a maior adesão de sempre, com a participação de 327 estudantes de sete instituições académicas e com a submissão de 100 candidaturas.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas foram o mote desta edição. Aludindo aos ODS 8 (Trabalho Digno e Crescimento Económico) e 13 (Ação Climática), os candidatos foram convidados a desenvolver projetos que propunham soluções criativas e inovadoras para os temas acima propostos com aplicabilidade no contexto nacional empresarial.

Em contexto de pandemia, os temas centrais revelaram-se mais atuais do que nunca, desafiando os estudantes a desenvolver projetos que possam responder a novas questões, tais como: como é que as empresas podem preparar-se para um futuro tão desafiante quanto difícil de definir? Tendo em conta as mudanças rápidas que apelam a uma ação imediata, como podem ser competitivas, sustentáveis, atraentes para novos talentos e promotoras do desenvolvimento dos seus colaboradores e das comunidades em que atuam?

A Academia GRACE integra o projeto Uni.Network, criado em 2014, tem o apoio institucional da Direção-Geral do Ensino Superior, e visa promover a ligação entre as empresas e as entidades académicas portuguesas nas temáticas da Sustentabilidade e Responsabilidade Social Corporativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five × 5 =