Joana Sá apresenta 5 dicas para começar a empreender online

Foto: Joana Sá

Joana Sá, estrategista digital especialista em lançamentos de negócios online é uma das maiores autoridades nesta área de negócio em Portugal. A empresária desenvolveu a sua própria marca pessoal e dá apoio a uma vasta comunidade de mulheres empreendedoras, empresárias e aspirantes.

Se procura mais liberdade geográfica, financeira e de horários e se sempre sonhou ter o seu negócio digital, mas nunca soube quais os primeiros passos a dar, revelamos as 5 dicas principais para começar, segundo a Joana Sá:

1. Defina o seu nicho e faça uma pesquisa de mercado para desenvolver o seu modelo de negócio. A forma mais simples e rentável de começar a empreender online é ensinar o que sabe aos outros. Que conhecimento ou habilidade poderia ensinar online?

2. Publique um questionário com uma recompensa para incentivar a resposta. Desta forma vai conhecer melhor as pessoas interessadas no que tem para oferecer e ensinar.

3. Crie o seu perfil de Instagram e faça com que o seu conteúdo esteja 100% alinhado com o que quer vender e com as respostas ao questionário.

4. Trace metas a curto, médio e longo prazo para o crescimento da sua comunidade e para os seus lançamentos. Além das metas, estabeleça os passos e as ações necessárias para lá chegar.

5. Defina qual o primeiro produto digital que quer lançar e marque a data do seu primeiro lançamento. No mundo digital pode apostar em diferentes produtos digitais. Podem ser cursos online, programas de coaching, mentoria, desafios de 30 dias, eventos online, ebooks e das mais variadas áreas (beleza; finanças; bem-estar; viagens; desenvolvimento pessoal, marketing, vendas, design, culinária etc). Escolha o que mais tem a ver consigo e avance.

Através da sua escola digital, o Girlbosses Hub – Escola da Liberdade Digital. Joana Sá ajuda mulheres, a construírem um negócio online. A empresária é também produtora da plataforma Hotmart, onde apresenta cursos online, mentorias e programas.

“Agradeço todos os dias por ter colocado a minha liberdade como prioridade. Ter seguido o meu sonho empreendedor foi aquilo que transformou a minha vida. Acredito que a internet nos possibilita a ser realmente livres. Não foi um caminho fácil, mas certamente que estar num emprego também não o é”, comenta Joana Sá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

two × 2 =