Lisboa cria pontes com ecossistemas de Telavive e Amsterdão

Criar ligações entre o ecossistema empreendedor de Lisboa e os principais hubs internacionais é o objetivo dos memorandos de entendimento assinados pelo vice-presidente da CML e pelo Diretor Executivo da Invest Lisboa com os representantes institucionais das cidades de Amesterdão e Telavive.

Com esta iniciativa, o município de Lisboa pretende criar uma ‘ponte institucional’ que ligue as cidades envolvidas, não apenas ao nível das Câmaras Municipais, mas também as agências de Economia e Inovação dos respetivos municípios.

‘O que queremos é que estes acordos institucionais abram caminho’, sublinha ao Empreendedor Paulo Soeiro de Carvalho, diretor Municipal de Economia e Inovação da CML. ‘Numa primeira fase serão enviadas 5 a 10 startups para cada um destes ecossistemas e, no sentido inverso, vamos receber startups e investidores daquelas cidades’, explica.

O intercâmbio deverá começar ainda este ano, com startups de Lisboa a participar na Amsterdam Capital Week, e na DLD Tel Aviv Digital Conference, ambas em setembro. Da parte portuguesa, o acolhimento está previsto para o Web Summit, que decorrerá em novembro.

Para beneficiarem da iniciativa, as startups portuguesas terão de estar integradas na aceleradora do município – Startup Lisboa – e, além do intercâmbio, os participantes irão integrar um bootcamp que facilitará a partilha de conhecimento e permitirá aos empreendedores um contacto aprofundado do ecossistema local. ‘Não é uma parceria apenas institucional, mas uma oportunidade para os empreendedores desenvolverem a sua rede de contactos e conhecerem o ecossistema’, destaca Paulo Soeiro de Carvalho.

A autarquia está agora a desenvolver um conjunto de Soft Landing Packs, para oferecer descontos e benefícios aos visitantes, não só durante a estadia, mas para criar oportunidades para que essas empresas possam vir a abrir escritórios ou mesmo estabelecerem-se em Lisboa.

Na assinatura dos memorandos de entendimento estiveram presentes Duarte Cordeiro, vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Bas Beekman, CEO da Startup Amsterdam, Adi Barel da Tel-Aviv Global and Tourism e Rui Coelho, diretor executivo da Invest Lisboa, além do diretor Municipal de Economia e Inovação, Paulo Soeiro de Carvalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

fourteen − two =