Lisboa na corrida ao título de Capital Europeia da Inovação de 2023

ilustração de Freepik

Lisboa é uma das cidades que vão disputar o título de Capital Europeia da Inovação de 2023. A capital portuguesa está entre as 12 semifinalistas da nona edição dos Prémios iCapital, uma competição que reconhece o papel crucial das cidades na formação dos ecossistemas de inovação locais e na promoção de inovações revolucionárias.

Esta competição é apoiada pelo Conselho Europeu de Inovação (CEI) no âmbito do programa Horizon Europe e visa destacar as cidades que têm conseguido conectar de forma eficaz o público em geral, a academia, as empresas e o setor público para traduzir os resultados em melhorias significativas no bem-estar da sociedade, ao mesmo tempo que impulsionam a inovação transformadora.

As 12 semifinalistas de 2023 foram selecionadas por dois júris de especialistas independentes, e representam 10 países europeus. Na categoria de Capital Europeia da Inovação, Lisboa está acompanhada por cidades como Istambul (Turquia), Kyiv (Ucrânia) e Varsóvia (Polónia), entre outras. Enquanto isso, na categoria de Cidade Europeia Emergente Inovadora, destacam-se cidades como Bruges (Bélgica), Cork (Irlanda) e Leiden (Países Baixos), entre outras.

O processo de seleção continua com audições privadas, que serão realizadas remotamente em setembro e outubro de 2023. Durante estas audições, cada cidade terá a oportunidade de apresentar a sua candidatura e responder a perguntas do júri relacionadas com os critérios do prémio.

Após estas audições, o júri selecionará três cidades finalistas em cada categoria. Os vencedores e finalistas serão anunciados na cerimónia de entrega de prémios, que terá lugar em Marselha, França, em 27 de novembro de 2023. Além do prestígio, o vencedor da categoria de Capital Europeia da Inovação receberá um prémio de 1 milhão de euros, enquanto os finalistas desta categoria receberão 100.000 euros cada.

Na categoria de Cidade Europeia Emergente Inovadora, o vencedor será agraciado com €500.000, e as duas cidades finalistas receberão €50.000 cada. Além disso, todos os finalistas serão convidados a fazer parte da Rede de Antigos Vencedores de Prémios do CEI, um grupo de trabalho do Fórum do Conselho Europeu de Inovação.

Estes prémios, apoiados pelo CEI no âmbito do programa Horizon Europe, destacam cidades europeias com ecossistemas de inovação inclusivos. Lisboa tem agora a oportunidade de demonstrar o seu compromisso com a inovação e a sua capacidade de criar um ambiente propício à colaboração entre os setores público e privado, bem como a academia, para melhorar a qualidade de vida dos seus cidadãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

14 − 2 =