Lisboa procura empreendedoras “verdes” para programa Women4Climate Lisboa

Imagem de Anastasia Gepp por Pixabay

A iniciativa internacional Women4Climate é um programa de mentoria para mulheres empreendedoras com projetos que se enquadrem nos objetivos da Lisboa Capital Verde 2020. As candidaturas estão abertas até de 29 de março e a vencedora ganha 10 mil euros.

O Women4Climate Lisboa é uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa, da Startup Lisboa e da Casa do Impacto/SCML e nasceu da adesão de Lisboa à rede internacional C40, uma rede de liderança das grandes cidades que pretende combater as alterações climáticas.  É um programa de mentoria e capacitação de mulheres responsáveis por projetos com um impacto climático positivo, com o objetivo simultâneo de chamar a atenção para o papel-chave das mulheres no ativismo climático nas cidades.

Para se inscreverem no programa, as empreendedoras devem ter um projeto inovador nas áreas prioritárias de Lisboa Capital Verde 2020: energia, mobilidade, água, ruído, qualidade do ar, alterações climáticas, economia circular e biodiversidade. As candidaturas estão abertas até ao dia 29 de março em women4climatelisboa.pt.

O programa é constituído por duas fases. A primeira é um bootcamp intensivo de 7 dias, ao longo de duas semanas, onde as participantes podem criar, desenvolver e partilhar as suas ideias de negócio ou negócios e sucessiva capacitação para a respetiva implementação. A segunda fase é um programa de de acompanhamento dividido em três tipos de atividades: mentoria individual e personalizada; eventos de comunidade e eventos de networking.

As candidatas pré-selecionadas apresentam presencialmente o seu projeto a um painel de jurados, constituído por representantes das entidades promotoras e especialistas. Este painel vai considerar os critérios de alinhamento com os objetivos da Lisboa Capital Verde 2020, nível de inovação e de diferenciação, qualidade da equipa e exequibilidade do projeto, para chegar às 25 fundadoras que vão participar no bootcamp.

No final do bootcamp serão selecionados 15 projetos para a fase seguinte do programa. No dia 8 de outubro, as 15 participantes vão fazer o pitch dos seus projetos perante o júri, numa sessão pública onde será escolhida a vencedora. Para além dos 10 mil euros, a vencedora terá acesso direto a incubação na Casa do Impacto, acesso à rede de mentores e parceiros da Startup Lisboa, ao programa de aceleração Maze e à possibilidade de implementar o seu projeto no Município de Lisboa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eight + twelve =