Nova SBE Reconhecida com o 7.º Melhor Mestrado em Finanças do Mundo pelo Financial Times

Na foto: Pedro Oliveira, Dean da Nova SBE

O Mestrado Internacional em Finanças da Nova School of Business and Economics (Nova SBE) foi distinguido como o 7.º melhor do mundo pelo ranking Financial Times Masters in Finance 2024, subindo quatro lugares face ao ano anterior. Este é o melhor resultado de sempre para um programa de mestrado em Finanças de uma escola portuguesa, reforçando a liderança nacional da Nova SBE.

O ranking Financial Times avalia anualmente os 65 melhores programas de Mestrado em Finanças do mundo, considerando 20 indicadores que abrangem três dimensões principais: progresso de carreira dos graduados, diversidade da escola e experiência internacional, pesquisa e pegada de carbono. A Nova SBE destacou-se especialmente nos indicadores de mobilidade internacional dos graduados e experiência de curso internacional, ocupando a 5.ª posição mundial em ambos os critérios. Além disso, a escola atingiu a classificação máxima de 100% no indicador de empregabilidade a três meses após a conclusão do curso.

A Nova SBE também é reconhecida pela diversidade geográfica do seu corpo docente, com 51% dos professores provenientes de outros países. No critério de pegada de carbono, que avalia as emissões de carbono da escola nos últimos três anos, a Nova SBE ocupa a 10.ª posição mundial. Entre as escolas portuguesas, é a que apresenta o maior nível de satisfação dos alunos, com uma pontuação de 8.9 numa escala de 10.

“Estes resultados, os melhores de sempre de uma escola portuguesa em rankings do Financial Times, são excelentes, não apenas para a Nova SBE, mas para Portugal. A mobilidade internacional e diversidade geográfica são cada vez mais desejadas pelas novas gerações de estudantes do ensino superior. Essa ambição traz uma responsabilidade acrescida às instituições de ensino que enfrentam desafios na construção de currículos e métodos pedagógicos capazes de responder às exigências do mercado, que também privilegia cada vez mais os candidatos com conhecimentos multiculturais. Os indicadores onde nos destacamos são um reflexo deste resultado, na medida em que nos focamos diariamente em garantir uma experiência internacional aos nossos alunos – desde a diversidade do nosso corpo docente às oportunidades de carreira internacionais que garantimos – durante e após os estudos”, comentou Pedro Oliveira, Dean da Nova SBE.

Os 10 primeiros lugares do ranking são ocupados por 5 escolas francesas, 2 chinesas e 2 britânicas, além da portuguesa Nova SBE, na sétima posição. A segunda escola portuguesa melhor qualificada neste ranking é a Católica Lisbon School of Business and Economics, na 16ª posição.

O programa de Mestrado Internacional em Finanças da Nova SBE é direcionado a alunos de licenciatura que procuram uma carreira internacional e uma rápida progressão na área financeira. Este programa seletivo oferece ferramentas, conceitos e formação avançada para preparar os alunos para o sucesso em contextos internacionais, sendo uma escolha preferida por aqueles que ambicionam trabalhar em organizações multinacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five × two =