Pixels Camp reúne programadores portugueses

Imagem de Adam Białasik por Pixabay

Pixels Camp é um evento de tecnologia e criatividade que reúne mais de mil programadores, designers e estudantes para 48 horas de programação, palestras e workshops.

Este é um evento que marca a agenda da comunidade tecnológica e onde programadores, criativos e outros apaixonados pela tecnologia podem ter acesso às mais recentes tecnologias das empresas para desenvolverem projetos que podem solucionar problemas do dia-a-dia da sociedade.

Agendado para 26 a 28 de março, em Lisboa, a edição deste ano do Pixels Camp conta com a participação de meetups como Flutter Portugal, Lisbon Elixir, Agile Connect Lisbon, DevOps Porto e Madeira Tech Meetup.

As meetups são comunidades de pessoas que têm, pelo menos, um interesse em comum, sendo muito comuns no mundo tecnológico. Com foco no produto, metodologia agile, numa ferramenta ou linguagem específica ou mesmo em soft skills, estas comunidades juntam e dão voz a milhares de profissionais nas áreas das tecnologias de informação.

De norte a sul do país, sem deixar de fora as ilhas, são largas dezenas de comunidades tecnológicas, envolvendo milhares de participantes, que se reúnem pontualmente para debater temas sobre os quais se interessam em particular. O sucesso deste formato é tanto que há empresas que promovem essa dinâmica junto dos seus colaboradores, trazendo profissionais externos a partilharem o seu know-how.

“O Pixels Camp é um evento da e para a comunidade e, por isso, queremos envolver todos aqueles que a ajudam a construir e consolidar diariamente. Daí que não possamos fazê-lo sem as meetups. Todos os anos temos tido a colaboração de várias organizações convidadas, mas esta é a primeira vez que abrimos uma call a todo o país”, explica Celso Martinho.

O maior encontro da comunidade tecnológica em Portugal vai decorrer de 26 a 28 de março, no Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII, em Lisboa, e estão previstas cerca de 100 talks ao longo das 48 horas ininterruptas de programação.

Estão também previstas apresentações de marcas como a NOS, a EDP, a Hack4Good da FCG, e os unicórnios Talkdesk e Outsystems, entre outras, para mostrarem as suas apostas nas tecnologias emergentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twelve + one =