Plataforma promove oradores portugueses

plataforma promove oradores portugueses
Foto de Freepik

A plataforma Luso Speakers Bureau, ontem apresentada em Portugal, pretende profissionalizar o mercado de oradores, facilitando a ponte entre os organizadores de eventos e os especialistas nacionais. A iniciativa ambiciona projetar a capacidade técnica instalada do país e captar mais investimento estrangeiro para o setor dos eventos e congressos, ao ser disponibilizada em inglês e português.

Segundo as fundadoras, a Luso Speakers Bureau permite potenciar a participação de oradores portugueses em eventos promovidos por organizadores internacionais em Portugal. Atua como uma agência de oradores para agregar talento, conhecimento e experiência, e dar a oradores portugueses um espaço para partilharem as histórias, conhecimentos, e trabalhos que desenvolvem, de forma a inspirar o público dos eventos que acontecem no país.

Entre os oradores estão nomes como Ana Pires, investigadora do Centro de Robótica e Sistemas Autónomos do INESC TEC, Pedro Gadanho, arquiteto, curador, escritor e fundador do MAAT, Assunção Cristas, professora associada da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, Bruno Soares Gonçalves, investigador coordenador do Instituto Superior Técnico e presidente do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear, Ana Matos, bióloga e engenheira florestal na Reserva do Vale Velho da Serra da Estrela, Paulo Ferrão é professor catedrático do Instituto Superior Técnico e presidente do IN+, Centro de Estudos em Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento, Veronica Orvalho, reconhecida com o Women Who Tech Award em Nova Iorque, o prémio científico IBM e Women Entrepreneurship Award 2023, e Pedro Diogo Vaz, country manager da Superbrands em Portugal, Angola, Espanha e França, professor na Escola Superior de Comunicação Social e empreendedor.

A investigadora portuguesa Ana Pires explica que “a ideia de levar o trabalho e a experiência portuguesa a novos públicos, ampliar o nosso alcance e fomentar novas colaborações entusiasma-me”. Estar presente na plataforma é, para Ana Pires, “uma ajuda na ponte entre oradores e organizadores, remove a camada de negociação e logística, que consome muito tempo, e promove o talento nacional para conferências que acontecem em todo o mundo.”

plataforma promove oradores portugueses
Foto de wavebreakmedia_micro no Freepik

Promover o talento português nos eventos internacionais

De acordo com números divulgados recentemente pelo Turismo de Portugal, Portugal mantém a sua posição de destaque no ranking de destinos de congressos da Associação Internacional de Congressos e Incentivos (ICCA). Assegura a 6ª posição no ranking europeu e a 7ª posição no ranking mundial, relativamente a eventos organizados em 2022. Lisboa mantém o 2º lugar em ambas as tabelas. O relatório anual coloca Portugal, de novo, como um dos principais países que recebe e organiza congressos e convenções.

Na opinião de Marta Graça, cofundadora da plataforma, “habitualmente valorizamos os espaços para os eventos, os serviços associados, o sol, a gastronomia, os monumentos, mas não apresentamos o talento.”

A ideia nasceu numa conversa casual, onde as fundadoras começaram a identificar pessoas com potencial, mas que não eram conhecidos pelo público internacional. “A lista dos oradores começou assim a crescer e surgiu o projeto para dar visibilidade a profissionais nacionais com talento e experiência. Queremos posicionar o conhecimento e talento ao nível do que melhor se vê internacionalmente”, acrescentou

A Estratégia Turismo 2027, aprovada em Conselho de Ministros, prevê um “conjunto de eixos e linhas estratégicas de atuação que incluem a projeção de Portugal como destino de eventos de âmbito internacional, reconhecidos como ativos qualificadores da oferta de valor dos territórios pelo seu contributo para a dinamização sustentável das economias locais e para a desconcentração e mitigação da sazonalidade da procura turística.”

plataforma promove oradores portugueses
Foto de katemangostar no Freepik

O segmento MICE (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions) continua em destaque no Turismo de Portugal desde o lançamento do programa Portugal Events em 2021, com orçamento de 5 milhões de euros para eventos que qualifiquem a experiência turística, contribuam para o desenvolvimento económico e a sustentabilidade do turismo. Em abril, a publicação do Regulamento Específico do Sistema de Incentivos Portugal Events pretendeu “promover a captação de eventos internacionais”.

A Luso Speakers Bureau assegura diversidade nas gerações, na localização e nos sectores, com oradores nas áreas de ciência, medicina, economia, gestão e finanças, educação, arquitetura, direito, tecnologia, empreendedorismo, agricultura, artes e desporto.

“As agências de oradores são muito comuns nos países de língua inglesa. Como organizadora, sempre me esforcei para encontrar o orador certo e muitas vezes precisei recorrer a pessoas que estão noutros países. A Luso Speakers Bureau surge para projetar mais talento nacional para os muitos públicos internacionais que frequentam eventos em Portugal”, refere Rita Andrews, cofundadora e profissional na área dos eventos no Reino Unido.

A plataforma é aberta a todos os oradores e a inscrição é feita online e após curadoria. A divulgação dos oradores portugueses é feita também a nível internacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twenty − eighteen =