Stephen Hawking na abertura da Web Summit 2017

Abertura Web Summit
Foto: Web Summit

O professor Stephen Hawking juntou-se à cerimónia da noite de abertura da Web Summit por mensagem de vídeo. Stephen Hawking foi o convidado especial na abertura do maior evento de tecnologia do mundo.

Hawking falou sobre inteligência artificial (AI) para expressar a sua preocupação sobre a ética e controle da tecnologia que desenvolve máquinas autónomas. “Estamos no limiar de um mundo novo”, disse o cientista, sublinhando que “os nossos sistemas de inteligência artificial devem fazer o que queremos que façam, em benefício da humanidade.”

Apresentado por Nuno Sebastião, CEO da Feedzai, uma empresa que usa a AI na prevenção de fraudes informáticas, Stephen Hawking defendeu que é imprevisível o alcance para os humanos das novas ferramentas tecnológicas. “Talvez com as ferramentas desta nova revolução tecnológica, poderemos desfazer alguns dos danos causados ​​ao mundo natural pela última, a industrialização”, sublinhou.

Mas a evolução tecnológica também tem riscos, explica o cientista. “Precisamos estar conscientes dos perigos, identificá-los, empregar as melhores práticas possíveis, e preparar as suas consequências com bastante antecedência”.

“Precisamos estar conscientes dos perigos, identificá-los, empregar as melhores práticas possíveis, e preparar as suas consequências com bastante antecedência”

“Todos nós temos um papel a desempenhar para garantir que nós, e a próxima geração, possamos cumprir nosso potencial e criar um mundo melhor para toda a raça humana”, disse Hawking, desafiando a assistência a agir nesse sentido. “Vocês têm o potencial de empurrar os limites do que é aceitável, ou esperado, e pensar muito. Nós estamos no limiar de um mundo novo e extraordinário. É um lugar excitante, ainda que precário, e vocês são pioneiros”.

“Estamos honrados que o professor Hawking tenha aceitado o convite para falar na Web Summit, e para se juntar à nossa equipa na promoção do desenvolvimento da IA​​ ética e controlável”, disse Nuno Sebastião. “É por isso que a Feedzai está a apoiar um código de ética da AI, onde todos nos comprometemos a construir sistemas que sejam justos, verificáveis, beneficiem a sociedade e não prejudiquem a humanidade”.

Também Paddy Cosgrave, CEO da Web Summit, defendeu que “o professor Hawking é uma das grandes mentes da nossa geração e, quando fala, todos nós devemos ouvir.

A inteligência artificial poder ser o melhor, ou o pior, que está a acontecer à nossa sociedade desde a revolução industrial. O regulamento e as práticas éticas acordadas são essenciais para garantir que protejamos os direitos de todos na sociedade porque isso não é o futuro, isto é o agora, a AI já aí está, permeando todos os aspetos de nossas vidas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five × one =