Universidade de Coimbra abre cursos de Engenharia e Ciência de Dados

Foto: website DEI/UC

O Departamento de Engenharia Informática (DEI) da Universidade de Coimbra (UC) vai reforçar a sua oferta educativa, no ano letivo 2020/2021, com uma licenciatura e um mestrado em Engenharia e Ciência de Dados. É a nova profissão do século XXI em plena expansão, com elevada procura e com uma escassa oferta de profissionais.

A Engenharia em Ciência de Dados é uma profissão na área da informática/computação com competências específicas para analisar, projetar e implementar serviços e soluções avançadas para a colheita, modelação, armazenamento, gestão e análise de dados (massivos) como recurso relevante para a tomada de decisão baseada em dados. É uma necessidade crescente e transversal nas sociedades modernas abrangendo sectores tão diversos como o comércio eletrónico, a saúde, os transportes, a gestão energética e a industrial.

O Mestrado em Ciência e Engenharia de Dados tem a duração de dois anos, estando o plano curricular estruturado de forma a oferecer formação avançada na área de Ciência de Dados, em particular nos algoritmos e nas metodologias de aprendizagem computacional necessários à preparação, redução, análise, visualização e interpretação dos dados. Permite também adquirir conhecimento sobre o dimensionamento da infraestrutura necessária às soluções modernas de Engenharia de Dados, em particular no que concerne à sua fiabilidade e escalabilidade. A Ciência de Dados pode ainda ser usada em domínios aplicacionais específicos tão distintos, como na indústria, na medicina, na física, entre outros.

A Licenciatura em Engenharia e Ciência de Dados, que ainda em fase de aprovação pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, foi planeada de forma a conferir uma formação sólida nos princípios e nas metodologias da Engenharia e Ciência dos Dados, particularmente ao nível dos seus fundamentos matemáticos, estatística, algorítmicos e metodológicos, habilitando os seus formandos principalmente para o prosseguimento de estudos avançados, em particularmente ao nível do mestrado. Profissão com pleno emprego

A formação de profissionais na área de Engenharia em Ciência dos Dados é uma necessidade crescente e transversal nas sociedades modernas, impulsionada pelo aumento exponencial dos dados produzidos nos diversos setores de atividade e a sua utilização no desenvolvimento de soluções baseadas em Inteligência Artificial, Machine Learning e Estatística, criando novas oportunidades de negócio e indústrias.

É uma das novas profissões do século XXI, sendo considerada pelo terceiro ano consecutivo como a profissão mais promissora nos Estados Unidos da América (EUA). É uma profissão com elevada procura e com uma escassa oferta de profissionais. Na União Europeia estima-se que faltem atualmente 769 000 profissionais em Ciência dos Dados, devendo ser criados cerca de cinco milhões de novos empregos na área dos dados em 2026; nos EUA a criação de emprego é estimada em 11,5 milhões de novos postos de trabalho em 2026.

No que respeita às saídas profissionais, os licenciados e mestres em Engenharia e Ciência de Dados poderão exercer funções de: Analista de Dados; Cientista de Dados; Engenheiro de Machine Learning; Cientista de Machine Learning; Engenheiro de Inteligência no Negócio; Arquiteto ou Engenheiro de Infraestruturas de Big Data, entre outras.

O Corpo Docente que suporta esta nova oferta educativa integra centros de investigação classificados com Excelente pela Fundação para a Ciência e Tecnologia e têm uma vasta experiência em projetos de I&D de referência internacionais na área, dispondo de uma vastíssima rede de colaborações com as mais prestigiadas organizações nacionais internacionais.

Os novos cursos em Engenharia e Ciência dos Dados contam também com o apoio de empresas nacionais de referência na área, tais como a Feedzai, a Talkdesk e a Critical Software.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

15 + 18 =