Viajar pelo mundo sem sair do escritório

Na foto: espaço Manaus no escritório da Natixis

A Natixis em Portugal desenvolveu um conceito inovador de espaço de escritório que vai transformar a experiência do modelo de trabalho híbrido, potenciando a partilha e a criatividade. O projeto, designado “As Villages”, é um espaço de escritórios que recria 12 cidades, tirando partido da mais recente tecnologia para criar uma experiência imersiva – que inclui sons e cheiros – e que pretende ser um exemplo pioneiro dos escritórios do futuro.

“Acreditamos que, numa nova era de trabalho, o modelo híbrido é o que tem uma maior capacidade de criação de valor para as pessoas e para as organizações”, afirma Etienne Huret, diretor-geral da Natixis em Portugal.”Percebemos que a maior parte dos colaboradores da Natixis em Portugal se deslocava ao escritório para momentos de colaboração com as suas equipas e para momentos de socialização. Foi nesse pressuposto que este projeto se desenvolveu”, acrescenta. 

O conceito assenta no desenho e decoração de cada espaço, personalizado tendo em conta as características de diversas cidades do mundo, combinando odores, som e elementos arquitetónicos com o mobiliário para criar experiências imersivas. Distribuído por mais de 3.800 m2, o novo escritório da Natixis tem uma lotação para 200 pessoas. O planeamento e execução esteve a cargo da Tetris e levou cerca de dois anos, desde a idealização à concretização da obra.

Na foto: espaço Paris no escritório da Natixis

“Numa altura em que se colocava em questão o fim dos escritórios, devido à generalização do teletrabalho durante a pandemia, a Natixis, antecipou-se e percebeu que o futuro passava por transformar o espaço de trabalho coletivo ao invés de acabar com ele. Antes da pandemia, os escritórios eram, sobretudo, espaços de conveniência. Atualmente, caminha-se para que sejam espaços de experiência” explica Carlos Cardoso, Managing Director da Tétris. “As Villages são a prova de que conceitos inovadores, imersivos e focados no bem-estar dos colaboradores são fundamentais para o sucesso das empresas”, afirma.

Assim, os colaboradores da Natixis em Portugal vão poder viajar pelas cidades de Manaus, Santiago, Dakar, Paris, Porto, Mascate, Cidade do México, Shanghai, Tóquio, Londres, Bangalore ou Brooklyn. Trabalhar num “bistrot” parisiense, fazer uma reunião sobre uma duna em Mascate, ou receber um cliente numa adega de Vinho do Porto passa a ser possível sem sair do escritório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

5 × three =