5 Dicas para criar o logótipo perfeito

Criar um logótipo
Foto de takenapic por Pixabay

Logótipo ou logo é o nome dado a uma representação por meio de símbolos e palavras que, juntas, identificam algo ou alguém, geralmente, uma marca.

A criação do logo é um dos pontos alto da identidade visual de um negócio e é através dela que uma marca é conhecida no mercado. A criação do logo deve ser clara e simples. Criar um logótipo pode e deve ser um processo simples, que precisa comunicar o objetivo da marca, tendo em conta diversos fatores.

Que tal descobrir 6 fatores que criam o logo perfeito? Apresentamos dicas especiais para entender o que é necessário antes de produzir um logo.

A importância do logótipo para qualquer negócio

O logo é a representatividade de uma marca. Quando olha para um logo de uma marca, mesmo não tendo nada escrito, provavelmente já sabe do que se trata.

Essa arte gráfica que se traduz no logo é importante porque é o “cartão-de-visita” e deve estar alinhado com os objetivos da marca. O ideal é que um logo tenha em conta o público-alvo, as cores que despertam nesse público, palavras objetivas e claras.

É por isso que criar um logo perfeito vai além da junção de símbolos e palavras, talvez poucas pessoas o saibam, mas, o que permite aquela marca ter a representatividade visual interessante é o trabalho de pesquisa feito pelo profissional que o irá produzir.

Esta pesquisa envolve conceito, cores, objetivo e muito mais aspetos que sejam interessantes para que o logo seja o melhor possível. Por isso, a primeira dica para a logo perfeito:

Contratar um bom profissional

Como viu anteriormente, o processo de criação de um logo deve envolver diversas informações.

De acordo com o site Nomadismo Digital, o trabalho remoto tornou-se uma realidade e muitos profissionais de artes gráficas, inclusive os que criam logos e materiais de branding, atuam em plataformas de freelancers.

Então procure pela reputação e portfólio do profissional e escolha aquele que mais se adequa ao que tem em mente.

Imagem de Karolina Grabowska por Pixabay

Escolher algo simples

Ser facilmente interpretado e encontrado é um dos pontos principais de ter um logo perfeito. Descarte informações que não são tão úteis e deixe que esteja apenas o que é necessário para criar um bom impacto, de forma sintetizada.

Uma dica: procure por diversos logos já existentes e faça uma seleção do que causa estranheza e do que passa uma boa sensação. Use as que não gostou, como referência, para dar seguimento.

Fazer uma boa pesquisa

Como referido no tópico acima, a pesquisa é parte fundamental em todo o processo. Mesmo se for contratar um profissional para a criação do seu logo, passe todas as informações que precisa.

Pesquise dados sobre a psicologia do consumidor, cores, faixa etária e todas as informações que forem relevantes.

Pesquise sobre os concorrentes. que cores usam, que tipo de logo, palavras, símbolos etc.

Foto: StartupStockPhotos/ Pixabay

Conhecer as tendências

Como toda a arte, o logo também tem uma tendência. É claro que vai quer algo que seja para a vida toda, mas os logos podem ser levemente adaptados ao longo do tempo.

O que foi produzido nos anos 90 é totalmente diferente do que é produzido hoje em dia, o design é mutável e é importante não cair num conceito antiquado.

As tendências de design revelam novos comportamentos dos consumidores e tê-los em consideração é uma ótima aposta.

Conhecer o seu público-alvo

Conhecer o seu público-alvo ou persona é muito importante para as várias etapas de um negócio. A produção de um logo deve ter em conta as pessoas que a sua marca ou negócio querem atingir. A persona é a representação do seu público-alvo.

Os logótipos devem conversar com as pessoas que a marca quer alcançar, seja através de um símbolo, através do nome ou até mesmo da cor ou estilo. É por isso que fazer uma pesquisa detalhada sobre diversos aspetos da sua persona fazem toda diferença.

Para tornar esta tarefa mais fácil, pode criar formulários / inquéritos e enviar para amigos ou pessoas que se encaixam no perfil que procura.

Sem sombra de dúvidas, a “logomarca” dentro do contexto de branding faz parte da estratégia de marketing de qualquer empresa.

Criação de logótipo é um trabalho importante e que vale a pena tempo e dedicação. Seguir as dicas acima é um bom ponto de partida para encontrar o logo perfeito para o seu negócio.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo acolher remotamente novos colaboradores?
Próximo artigoJovens veem pandemia como oportunidade para um futuro melhor
Guilherme da Luz
Com 15 anos de experiência de mercado, Guilherme da Luz, já trabalhou com algumas das maiores marcas online e offline, incluindo Google, Microsoft, Benetton, BBC, Avon, Heineken, Mars, Jaguar, Sotheby’s, entre outras. Tem contribuído na adaptação de campanhas publicitárias internacionais para o Brasil (Transcreation), além de estar sempre encontrando oportunidades para atrair, envolver e converter público-alvos através das pesquisas orgânicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

15 + 1 =