Acredita Portugal promove projetos inovadores no setor no Turismo

Fernando Fraga, Head of Innovation da Acredita Portugal
Foto de Acredita Portugal

A Associação Acredita Portugal abre amanhã as inscrições para o seu novo programa de aceleração internacional Aceler@Tech in Portugal. A iniciativa orientada para a promoção de promoção de soluções inovadoras no setor do turismo será lançada durante um evento online com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

O Aceler@Tech in Portugal é um programa internacional de aceleração, organizado pela Acredita Portugal com o apoio do Turismo de Portugal no âmbito do Programa FIT, e que tem como objetivo atrair para Portugal a melhor inovação ligada à atividade turística e assim contribuir para o aumento da competitividade e inovação do setor.

“Nunca como hoje foi tão importante apostar neste sector. Portugal está a entrar novamente numa crise económica e sabemos que uma indústria de turismo competitiva e inovadora é essencial para conseguirmos sair desta crise”, diz Fernando Fraga, Head of Innovation da Associação Acredita Portugal. “Este programa, além de estimular a inovação das nossas startups (o que também fazemos em outros programas da Acredita), é importante porque procura trazer o que de melhor se faz no mundo e integrar esses projetos nas empresas portuguesas”.

O programa da Acredita Portugal está orientado para startups em estágio de seed ou pré-seed, com soluções de base tecnológica, que contribuam para a sustentabilidade económica, social ou ambiental. São também valorizados projetos que agregam tecnologias e métodos disruptivos que ajudem as empresas do setor a passar dos modelos operacionais tradicionais para tecnologias avançadas e processos mais eficientes.

Mas o Aceler@Tech in Portugal tem ainda a particularidade de disponibilizar a primeira fase de aceleração a todos os participantes inscritos, sendo uma oportunidade para os empreendedores com projetos relacionados com o Turismo – ainda que numa fase inicial – possam afinar o seu plano de negócio.  Claro que apenas os 20 melhores passarão à segunda fase de aceleração, com acompanhamento de mentores e empresas parceiras, mas a plataforma de aceleração, utilizada na primeira fase é uma ferramenta essencial para estruturar um projeto empreendedor em qualquer estágio de aceleração.

“Todos os projetos que se inscreverem vão entrar na fase inicial do programa de aceleração”

“A grande diferenciação do programa é a mesma que distingue também a Acredita Portugal: a escala. Todos os projetos que se inscreverem vão ser apoiados através de um sistema de informação digital e entrar na fase inicial do programa de aceleração, sendo só posteriormente feita a seleção dos 20 finalistas. Isto e permite que o programa apoie um maior número de projeto que o usual”, explica Fernando Fraga.

Os 20 finalistas, que vão participar na segunda fase, vão contar com uma rede de mais 50 parceiros da Acredita Portugal que podem apoiar as startups concorrentes, consoante as suas necessidades e mais de 30 mentores convidados especificamente para este programa que irão ajudar os projetos com a suas skills ligadas ao Turismo Português e ao desenvolvimento do modelo de negócio.

O programa conta ainda com um atrativo prémio de 20 mil euros, sendo 15 mil para o primeiro classificado, 3 mil para o segundo e 2 mil para o terceiro. As candidaturas estão abertas até 4 de Abril em https://egoi.page/13e22elbt/aceleratech

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

18 − 4 =