Catarina Oliveira “Precisamos trazer a diversidade e inclusão para o mundo da moda

Debate sobre moda para pessoas com deficiência
Catarina Oliveira (foto CEARTE)

Catarina Oliveira é a próxima oradora dos Talks CEARTE. A edição e segunda-feira debate a moda inclusiva e alguns dos principais desafios das pessoas com deficiência no mundo da moda.

 O CEARTE – Centro de Formação Profissional para a Arte e o Património, está a realizar um conjunto de videoconferências – Talks CEARTEonline – sobre o impacto ambiental da indústria têxtil, vestuário sustentável e moda inclusiva. A iniciativa é destinada a formandos, ex-formandos e profissionais das áreas têxteis, moda, vestuário e calçado.

Na edição de segunda-feira, 14 de novembro, a Talk CEARTEonline irá debater a “Moda Inclusiva”, com Catarina Oliveira, nutricionista, consultora e oradora na área da Diversidade e Inclusão. O evento ira decorrer online, via Zoom, pelas 19h00. A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição para obter o código de acesso.

Catarina Oliveira é apaixonada pela comunicação, área a que se dedicou depois que uma inflamação na medula, em 2016, limitou a sua mobilidade a uma cadeira de rodas. Desde então empenhou-se numa campanha para mudar mentalidades e quebrar preconceitos e tabus relacionados com as pessoas com deficiência.

“Desde que me tornei uma pessoa com deficiência, deixei de me ver representada no mundo da moda”

Para além da Nutrição e da criação de conteúdos nas redes sociais, hoje trabalha como consultora e oradora na área da Diversidade e Inclusão com o objetivo de esclarecer mitos, estigmas, estereótipos ligados à pessoa com deficiência e expor problemas relacionados com a acessibilidade, a inclusão e a representatividade da pessoa com deficiência.

“Para mim a roupa que visto diz muito sobre o que sou e como me posiciono no mundo, como cidadã. Desde que me tornei uma pessoa com deficiência, deixei de me ver representada num mundo que tanto gosto. E como eu, muitas outras pessoas sentirão o mesmo”, diz Catarina Oliveira.

“Muito se fala hoje, e bem, sobre a sustentabilidade da produção das nossas roupas, a origem dos nossos tecidos e a forma como são produzidos. Mas não nos podemos esquecer que como falamos de sustentabilidade, devemos começar a falar também de diversidade e inclusão no mundo da moda!”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

twenty − fourteen =