Cleanwatts Living Lab aprovado como Projeto-Piloto de Energia Renovável

Foto de Cleanwatts Living Lab

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) atribuiu a classificação de projeto-piloto ao Cleanwatts Living Lab no âmbito dos projetos de autoconsumo e comunidades de energia renovável (CER). Este laboratório vivo de inovação, promovido pela Cleanwatts em colaboração com parceiros estratégicos, é um dos seis aprovados pela ERSE e em curso em Portugal.

O Cleanwatts Living Lab assume-se como um ecossistema de inovação que promove a colaboração entre pessoas e tecnologia. O projeto tem como objetivo estimular a participação ativa dos colaboradores da Cleanwatts na validação e desenvolvimento de novas soluções e serviços, centradas nas perspetivas dos utilizadores finais. Além disso, o laboratório visa contribuir para a inovação do quadro regulatório nacional no contexto da transição energética descentralizada, digitalizada e democratizada.

Andreia Carreiro, Diretora de Inovação Estratégica da Cleanwatts, destaca o papel do Cleanwatts Living Lab como um facilitador para acelerar o desenvolvimento do autoconsumo coletivo e das Comunidades de Energia Renovável em Portugal.

“O Cleanwatts Living Lab é, essencialmente, um ecossistema de inovação, partilha de conhecimento, investigação e desenvolvimento para a construção das melhores soluções, quer tecnológicas e sociais, quer ao nível dos modelos de negócio, para a criação das Comunidades de Energia do futuro”, frisa Andreia Carreiro.

Através deste projeto, a Cleanwatts pretende criar soluções que envolvam ativamente os consumidores de energia nas dinâmicas da transição energética, estimulando o desenvolvimento de novos mercados e modelos de negócio.

O projeto será implementado em todo o território nacional e abrangerá cinco CER localizadas em Coimbra, Condeixa-a-Nova e Anadia. Estas CER serão compostas por sistemas de produção fotovoltaica, soluções de armazenamento com baterias estáticas e móveis (incluindo veículos elétricos), equipamentos de consumo flexíveis e sistemas de controlo de carga. Através do Cleanwatts Operating System (CW OS), estes ativos energéticos serão geridos para otimização energética, visando eficiências energéticas, económicas e ambientais.

O Cleanwatts Living Lab integra várias CER sob a legislação vigente, operando como parte dos mecanismos de “regulatory sandboxes”. Este enquadramento permite testar soluções disruptivas em ambiente real e controlado, simplificando e acelerando a descarbonização energética. O objetivo é proporcionar benefícios económicos, sociais e ambientais para os membros das CER, permitindo produção de energia renovável, armazenamento local, flexibilidade de consumo e serviços auxiliares à rede elétrica, contribuindo para uma maior resiliência do sistema.

Desenvolvido no âmbito do projeto Kiplo STEP, o Cleanwatts Living Lab concentra-se na ação direcionada ao utilizador final, testando modelos de negócio inovadores que minimizam os investimentos iniciais nas CER. O objetivo é potenciar a participação ativa dos utilizadores no desenvolvimento de mercados locais de energia, através de modelos de partilha e transações energéticas (P2P – Peer-to-peer), garantindo transparência, segurança e confiança nas tecnologias aplicadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

20 − six =