Comércio online: 5 conselhos para otimizar encomendas

Foto de Freepik

Comprar online já é comum nos dias de hoje. O boom no e-commerce deu-se durante a pandemia e a tendência acabou por ficar, pela facilidade de acesso a inúmeros produtos e marcas, mas também pela comodidade que proporciona.

E se é a satisfação do cliente que ajuda as lojas físicas a crescer, no caso das lojas online essa ideia ganha mais força, pois a opinião do cliente e o seu testemunho contribuem particularmente para o sucesso de um negócio online. O ditado comercial “o cliente tem sempre razão” conta muito para quem tem um negócio digital e o segredo passa por uma experiência de entrega eficaz.

Neste sentido, a Vonzu, tecnológica catalã especializada em soluções de logística e distribuição, deixa aos leitores do Empreendedor cinco conselhos aos empreendedores que se pretendam destacar da competição através de um processo fluido e otimizado de “última milha”.

1 | A tecnologia é a chave

Um negócio que nasce no digital deve evoluir no digital. Assim, a escolha de uma plataforma de logística deve ser o primeiro passo nesta aventura. Controlo de stocks, gestão de incidências, otimização de processos. Todos estes aspetos pesam para o sucesso de uma loja online, e o software de eleição terá que conseguir dar respostas às necessidades intrínsecas a cada negócio, por forma a proporcionar um crescimento sustentável.

Foto de Karolina Grabowska em Pexels

2 | Foco na experiência do cliente

Visto que, atualmente, os consumidores têm um acesso quase constante à Internet, o apoio durante todo o processo é essencial. Para superar o desafio que se impõe de conquistar e, sobretudo, reter clientes, a abertura de canais de comunicação expeditos torna-se facilmente um fator diferenciador.

3 | Possibilitar customização de entrega

Ninguém aprecia ver uma nota de entrega falhada. Um fator para garantir que isso não acontece, e que a marca ganha reputação quanto à eficácia da sua distribuição, é a personalização da entrega. Hoje, a conveniência é tão ou mais essencial que a rapidez: assim, é importante conseguir oferecer entrega no próprio dia, a escolha de horário para tal, ou até mesmo o local de recolha, como seja um polo dedicado para tal. Quanto maior o nível de personalização, maior a probabilidade de satisfação no final.

Foto de Kampus Production em Pexels

4 | Contratar serviços de entrega locais

A sustentabilidade é cada vez mais uma preocupação dos consumidores, e um ponto de venda relevante para qualquer marca. Aqui, os transportes de última milha podem também acrescentar valor: trabalhar com empresas de distribuição locais ao destino da encomenda, ou que tenham práticas sustentáveis na sua operação, como sejam estafetas em bicicletas ou outros meios de transporte alternativos, pode gerar um maior impacto positivo no cliente.

5 | A devolução não tem que ser um ponto negativo

Quem nunca comprou algo, apenas para no dia seguinte a devolver? Ao abrigo das leis europeias para o e-commerce, todo o cliente tem um prazo de até 14 dias para devolução, quer por defeito provado no produto, ou não. As políticas de devolução e reembolso da loja online devem estar bem patentes e claras – mesmo que o ocasional produto volte para trás, o facto de ter providenciado facilidade neste campo fará ganhar pontos junto do consumidor.

O fio-de-prumo comum aqui é, sem dúvida, a relação de confiança com o consumidor, vital para todo o e-commerce. Plataformas de software para logística ajudam a que a relação de confiança se construa de uma maneira simples, mas segura, para todos os que ambicionam construir o seu negócio nesta era digital.

A Vonzu é uma startup catalã, fundada em 2018, que está a apostar no seu crescimento na Península Ibérica. Especializada no setor da logística e retalho, desenvolveu uma plataforma que agrega retalhistas e operadores de transportes, para melhorar não só o rendimento das empresas, mas também o seu impacto na indústria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

eighteen + ten =