Critical Software abre vagas para profissionais com autismo

Foto de Critical Sofware

A Critical Software lança a terceira edição do Programa de Neurodiversidade, em conjunto com a Critical Techworks e a Specialisterne. Depois de enriquecer as suas equipas ao integrar 14 profissionais com autismo/Asperger, o programa regressa com o objetivo de encontrar profissionais motivados pela área tecnológica que possam integrar, a partir de novembro 2023, equipas de testes e desenvolvimento de software, no Porto, em Lisboa e Coimbra podendo ser consideradas também as cidades de Tomar, Viseu e Vila Real. As inscrições, abrem a 1 de maio e decorrem até 7 de julho.

Catarina Fonseca, coordenadora do programa de Neurodiversidade da Critical Software refere que “ Integrar pessoas neurodiversas em empresas tecnológicas é mais do que fazer o que está certo: é uma oportunidade para fortalecer equipas, para promover a inovação em projetos complexos e para potenciar a competitividade de uma organização. Avançamos para a terceira edição do programa com a confiança do sucesso das duas edições anteriores, certos de que em conjunto com os nossos parceiros, estamos a ter um impacto positivo neste âmbito.”

Em menos de 2 anos foram integrados 14 profissionais com autismo nas equipas de engenharia da Critical Software e da Critical Techworks mas o percurso de inclusão continua. Este ano, o período de seleção decorrerá entre junho e julho. De 4 de Setembro a 6 de Outubro 2023, cerca de 14 candidatos estarão em formação, com acompanhamento de um coach especializado na área do autismo, antes de integrarem as equipas, a 2 de novembro.

Quando começam a trabalhar, na Critical Software ou Critical Techworks, tanto os participantes como as equipas que os integram continuam a ter um acompanhamento próximo, regular e especializado para que este processo de integração decorra de forma natural e seja bem-sucedido.

Foto de Critical Software

Afirmando-se como um programa de atração de talento, a verdade é que o programa surge também para combater a altíssima taxa de desemprego associada com o autismo, que atualmente se encontra nos 79%.

São elegíveis pessoas com mais de 18 anos que tenham um diagnóstico de autismo/Asperger com interesse pela área de TI e um nível médio de inglês. Os candidatos deverão ter também conhecimentos de uma linguagem de programação para que possam integrar os projetos de engenharia. Os interessados podem inscrever-se através do formulário de inscrição no website ou enviar o currículo para neurodiversidade@criticalsoftware.com.

Para dar oportunidade a potenciais interessados e respetivas famílias de melhor conhecerem o Programa de Neurodiversidade e as empresas que o promovem, a Critical irá dinamizar durante o mês de maio Dias Abertos à Neurodiversidade, potenciando a visibilidade do tema do autismo no local de trabalho. O primeiro será na Critical Software em Coimbra a 16 de maio, o segundo na Critical Techworks no Porto a 18 de maio e por último na Critical Software em Lisboa a 25 de maio.

Os interessados em conhecer mais sobre esta iniciativa poderão inscrever-se através do seguinte formulário de inscrição e, dessa forma conhecer o tipo de projetos desenvolvido pelas empresas parceiras do programa e visitar os escritórios para conhecer o espaço e o ambiente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

20 − 17 =