Dropshipping – Saiba como montar um ecommerce de sucesso

Dropshipping é a mais recente tendência no comercio online
Imagem de athree23 por Pixabay

Devido à massificação do uso da internet pelos consumidores, as ferramentas de ecommerce têm estado em crescente desenvolvimento, permitindo ao Dropshipping afirmar-se como uma opção de negócio cada vez mais viável. Fatores como a facilidade, comodidade e, evidentemente, o preço jogam a favor da cimentação deste modelo de negócio.

O processo do Dropshipping é simples: a loja online – que é uma intermediária comercial – vende o produto que tem exposto no seu site e remete a ordem de encomenda para o seu parceiro que, por sua vez, envia o produto diretamente para o cliente.

A loja online é assim responsável pela divulgação do produto, enquanto que a gestão do stock e respetivo envio fica a cargo do fornecedor – o seu imprescindível parceiro de negócios. Neste caso, as ferramentas de ecommerce são fáceis de implementar e executar.

É um dos grandes negócios do futuro e acessível a empreendedores dedicados. Como montar um ecommerce é um desafio que corresponde a uma mudança de comportamento do consumidor – cada vez mais habituado ao digital – e da necessidade de diferenciação dos negócios nesse contexto. O sucesso advirá da forma como os negócios se adaptam a essa mesma mudança: o ecommerce veio para ficar!

Estudos recentes referem que em Portugal 9,4% do total das compras já é feito online pelo que a pergunta como montar um ecommerce tendo o Dropshipping em objetivo faz todo o sentido.

Vantagens do Dropshipping

  • Não há a necessidade de um grande investimento inicial para além das ferramentas de ecommerce. Não é necessário ter um stock disponível e não há custos de armazenamento e expedição do mesmo;
  • O mercado é global. Num mundo digital sem fronteiras, as ferramentas do ecommerce podem ser pensadas para serem usadas a uma escala muito maior; 
  • Variedade. Há muitos e vários produtos que pode ter em mente quando pensar em como montar um ecommerce. Os nichos e segmentos são infindáveis;
  • É uma atividade com gestão flexível e com custos com pessoal, quase nulos. Depois de montada a estrutura com todas as ferramentas de ecommerce implementadas precisa apenas de um computador e uma ótima ligação à rede para fazer o seu negócio crescer.

Para além de imensa dedicação e inspiração, precisará de delinear bem a sua estratégia de negócios, ter um bom plano de marketing, escolher bem o seu produto / target e definir os seus parceiros.

Tão importante como apurar as ferramentas de ecommerce tecnológicas, importa ter um rumo claro em vista no horizonte. Há, claro, imensos desafios inerentes a atividade. Desde logo por fazer depender o seu negócio dos seus parceiros – será a fiabilidade destes a nível de gestão de stock, expedição e entrega dos produtos a determinar parte do seu sucesso. Ao mesmo tempo, a forte concorrência é um aspeto a considerar. Seguramente, não será o único empreendedor a perguntar-se sobre como montar um ecommerce em 2019 e já há projetos estabelecidos no mercado há muito tempo, alguns deles verdadeiros gigantes como a Amazon e o eBay – que apresentam propostas altamente competitivas ao mercado.

Diferencie-se nesse mesmo mercado estabelecendo uma relação próxima e permanente com os seus clientes. Comece por construir uma base de dados sólida e definir uma estratégia digital coerente, com uma gestão de redes sociais atraente e com a criação e partilha de conteúdos exclusivos feitos à medida dos seus clientes.

Essas são ferramentas de ecommerce fundamentais! Lembre-se que quem compra online é muito exigente e o seu padrão de comportamento não é idêntico a quem compra numa loja física. Estes clientes digitais preocupam-se com questões como a privacidade dos seus dados e pagamento online, são muito ativos nas redes sociais e gostam de ser incentivados através de programas de fidelização de clientes.

Enquanto isso, tenha em consideração que a estratégia de como montar um ecommerce deve ter em consideração os novos hábitos dos consumidores, nomeadamente no que diz respeito ao uso dos smartphones e às compras internacionais. Essencial é ter uma infraestrutura digital bem montada, que conecte os seus clientes aos seus parceiros de forma eficiente e segura e onde quem sai a ganhar será sempre o seu negócio. Boas vendas!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorApenas 30% dos portugueses acreditam na proteção de dados nas lojas online
Próximo artigoReforço de carreiras e Igualdade de Género no Ensino Superior são metas para 2022
Manuel Castro
Sempre gostou de contar histórias através da escrita e o seu interesse por tecnologia ajudou a fazê-las chegar a mais pessoas, aproveitando o aparecimento dos blogues em 2003. Foi editor da revista SURFPortugal onde criou conteúdos, escreveu crónicas, notícias e viajou muitas vezes para produzir reportagens sobre pessoas, lugares e eventos. Em 2010, cofundou uma agência de conteúdos onde se interessou por novas linguagens como o vídeo e a fotografia, atuando em áreas como a música, a arte e o desporto, com alguns dos mais conceituados nomes e para algumas das melhores marcas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

thirteen + eighteen =