Empreender em Portugal

Imagem de Mircea Iancu por Pixabay

Ser empreendedor não é fácil em lado nenhum mas, em Portugal, os que se arriscam a empreender devem ter a noção que o País só começou a acordar para este efeito há uma dezena de anos. 

Se pensarmos bem, todos os empregos que se geram em Portugal, possuem o carimbo da iniciativa privada, e a maior parte deles derivam do conceito e práticas empreendedoras. 

Ser empreendedor é saber que o rumo trilhado vai ter mais pedras que caminhos lisos, mais obstáculos do que numa competição olímpica de atletismo, e mais muros que uma casa em processo de construção. 

No entanto, quem abraça ou deseja abraçar o mundo do empreendedorismo, deve perceber que o caminho nunca será fácil, mesmo quando se está no topo; aliás, o mais difícil até nem é lá chegar e sim consolidar-se na liderança. 

Portugal tem ainda um longo caminho a percorrer no que diz respeito à implementação de ferramentas empreendedoras, ainda assim, o percurso que tem sido trabalhado e delineado, é fruto de uma estratégia que reforça a inovação e aos poucos vai dando mais poder aos empreendedores. 

Nada na vida é de conquista fácil, mesmo quando decidimos atalhar para o sucesso, pois por vezes os trabalhos e as dificuldades que daí advêm são superiores do que se tivéssemos optado pelo caminho mais lento ou complicado. Até porque, empreendedor que se assuma como tal, gosta de provar que é nas situações mais adversas, que se consegue alcançar as vitórias e metas definidas. 

É possível ter sucesso como empreendedor em Portugal; porém, o País tem de começar a andar de mão dada com os que querem empreender sob pena de ficar para trás. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

4 − 1 =