Empresas podem candidatar-se aos Prémios Kaizen até ao final do mês

PrémiosKaizen distinguem qualidade e produtividade
Foto: Logótipo da iniciativa

Os Prémios Kaizen distinguem projetos nacionais que se destacam na prática da melhoria contínua de produtividade e qualidade. As candidaturas para a edição deste ano estão abertas até ao dia 31 de outubro e as empresas podem concorrer nas categorias de Excelência na Produtividade, Excelência na Qualidade, Excelência no Sistema de Melhoria Contínua e Excelência na Estratégia de Crescimento.

O Kaizen Institute Consulting Group é uma empresa multinacional que fornece serviços de consultoria e formação ao tecido empresarial e instituições públicas em mais de 35 países. Com o foco na melhoria da rentabilidade das organizações, o Kaizen Institute Portugal distingue, desde 2011, entidades nacionais que se destacam na implementação de processos de melhoria contínua com obtenção de resultados e ganhos de rentabilidade e crescimento.

Para António Costa, Senior Partner do Kaizen Institute Western Europe, os Prémios Kaizen vêm confirmar “a excelência do tecido empresarial que existe em Portugal e que contribui para o desenvolvimento do país”. Mais ainda, “representam o reconhecimento do esforço e do trabalho desenvolvido por empresas que já adotaram uma cultura de melhoria contínua no seu modelo de gestão”.

Podem candidatar-se ao galardão empresas públicas ou privadas, de qualquer setor e dimensão, com projetos nacionais concluídos há menos de dois anos. As inscrições devem ser feitas através do preenchimento do formulário, enviado para o email awards-pt@kaizen.com.

A comissão de avaliação das candidaturas é composta por elementos do Kaizen Institute e das entidades parceiras (Associação Portuguesa de Gestão e Engenharia Industrial, Associação Portuguesa para a Qualidade, Sociedade Portuguesa para a Qualidade na Saúde, SGS – Société Générale de Surveillance, Católica Porto Business School e Católica Lisbon School of Business & Economics).

A última edição do Prémio Kaizen distinguiu a OGMA (Excelência na Produtividade), a Celbi (Excelência na Qualidade), a Amorim Cork Composites (Excelência no Sistema de Melhoria Contínua – Indústria), a Galp (Excelência no Sistema de Melhoria Contínua – Serviços) e a Unilabs (Excelência na Estratégia de Crescimento). Estes projetos serão apresentados em detalhe num Seminário organizado pelo Kaizen Institute, a 17 de outubro, na Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, no Porto. A sessão é gratuita mas sujeita a inscrição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

five − two =