Fintech 365: startups avançam para as provas de conceito

Foto de Portugal Fintech

O programa de aceleração Fintech 365, para startups da área financeira, vai apoiar os nove finalistas na prova de conceito das suas soluções. Depois de uma fase de preparação, iniciada em maio, as startups participantes no programa encontraram as instituições financeiras que vão dar suporte ao teste de avaliação conceptual, para validar as oportunidades de negócio de ambas as partes.

Depois de mais de setenta reuniões e várias sessões de alinhamento, as instituições financeiras e startups participantes do programa da Portugal Fintech e da Microsoft for Startups – Fintech 365 – estabeleceram as parcerias para passarem à fase seguinte avaliação de conceito. O Fintech 365 utiliza as provas de conceito com o objetivo de validar o seu potencial num cliente e avaliar o potencial de oportunidade de negócio de forma mais ágil e com menor investimento.

As 9 startups que irão agora executar provas de conceito são a Automaise, Coinscrap, DocDigitizer, hAPI, LOQR, Keyless Technologies, Parcela Já, Pentech Solutions e Spin Analytics, com o objetivo de validar a oportunidade de negócio e respetivas parcerias nas instituições financeiras.

“Nesta fase, o crítico foi colocar as instituições e startups a trabalhar em conjunto para chegar a um ponto comum interessante para ambas a partes, ultrapassando a ideia de que a prova de conceito parte apenas do lado da startup” declara António Ferrão (Portugal Fintech), responsável pelo programa.

Na fase anterior do programa as startups e instituições financeiras como o Banco CTT, BBVA, Caixa Geral de Depósitos, Fidelidade, NOVO BANCO e UNICRE participaram em reuniões de apresentação para identificar um “fit” e testar o alinhamento entre as duas partes. As reuniões de trabalho foram complementadas com sessões pontuais de partilha de experiências e ferramentas fundamentais na execução de provas de conceito. De forma progressiva, as instituições e startups foram aprofundando os “use cases” potenciais.

Segundo Andrea Rubei, Marketing and Operations Executive Director da Microsoft Portugal, “o Fintech 365 provou que temos excelentes exemplos de processos e casos de uso que são desafios para as instituições financeiras e para os quais existem diversas startups prontas a responder. Estamos muito entusiasmados para ver os resultados das diversas provas de conceito e em perceber quais podem ter a viabilidade necessária para seguirem o seu caminho de produção e escala”.

Nas próximas semanas, as startups e instituições irão trabalhar em conjunto com o suporte da Microsoft for Startups e Portugal Fintech na execução das provas de conceito definidas. A equipa do Fintech 365 tem agora o papel crucial de impulsionar a comunicação e suporte à gestão operacional das provas de conceito.

Startups participantes no programa

Automaise (PT) – plataforma low-code de IA que permite, com esforço mínimo de implementação, otimizar e automatizar os processos de negócio.

Coinscrap (ES) – micro-serviços de planeamento financeiro para bancos e seguradoras.

Docdigitizer (PT) – solução de automação de captura de dados cognitivos, sem código, com tecnologia de IA, que transforma qualquer dado de texto não estruturado em informação crítica para os negócios.

hAPI (PT) – desenvolve API para acelerar os processos de onboarding, automatizando a recolha de dados e documentos dos utilizadores finais.

LOQR (PT) – plataforma que permite à banca, a gestão do ciclo de vida da identidade digital através de jornadas de abertura de conta remota, recuperação de acessos e atualização de dados de clientes, em total conformidade e segurança.

Keyless (UK) – startup de segurança digital deeptech, pioneira na inovação em autenticação biométrica de preservação de privacidade que oferece experiência de utilizador, segurança e privacidade incomparáveis.

Parcela Já (POL) – sistema de pagamento online e offline, na caixa ou na cesta de compras, para o consumidor final pagar suas compras em até 12x, sem qualquer cobrança extra.

Péntech (HUN) – plataforma de financiamento para PMEs onde os empresários podem as resolver as suas necessidades de financiamento em um só lugar, totalmente online.

SPIN Analytics (UK) – traz a transformação digital à gestão de risco de crédito regulatório para bancos e neobancos, através de análises preditivas, técnicas de Inteligência Artificial e Machine Larning em Big Data.

A Portugal Fintech é uma associação sem fins lucrativos que centra a sua atividade no apoio ao crescimento das empresas de tecnologia financeira, agilizando a relação destas empresas com os Reguladores, Talento, Incumbentes e Investidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

four + eighteen =