Givetou lança campanhas de Crowdfunding para Organizações Sociais

Imagem de Qube's Pictures por Pixabay

A plataforma portuguesa que liga as Organizações Sociais à comunidade de Voluntários e Doadores lançou o serviço de crowdfunding para apoiar iniciativas sociais.

A Givetou (www.givetou.pt) é uma plataforma inovadora vocacionada para a divulgação e mobilização de recursos online. O projeto, aberto a todas as organizações sociais, passou a disponibilizar campanhas de crowdfunding para financiamento de iniciativas sociais, complementando um conjunto de serviços destinados a conectar pessoas e empresas que querem apoiar quem ajuda os outros.  

Depois de uma campanha bem-sucedida que serviu para testar a operacionalidade da plataforma, a Givetou abriu o seu novo serviço de Crowdfunding com três campanhas de recolha de fundos. As iniciativas da ADRITEM, da Associação Tempos Brilhantes e da Associação Portuguesa de Neurofibromatose são as primeiras disponibilizadas pela plataforma. Até ao momento, já angariou mais de 1100 euros para iniciativas sociais.

O projeto Fui à Tropa, promovido pela Associação Tempos Brilhantes, pretende reunir 600 euros para adquirir uma máquina de costura, para a oficina colaborativa Hivework Social na Chamusca. A iniciativa irá criar um novo posto de trabalho para transformar fardamento militar descontinuado, em novos produtos vendáveis, protegendo o ambiente e apoiando as pessoas em situação de vulnerabilidade.

A campanha da Associação Portuguesa de Neurofibromatose visa angariar 700 euros para promover consultas gratuitas de avaliação e intervenção psicológica junto de crianças e jovens adultos nas escolas, particularmente em situações de violência e bullying. Simultaneamente, a iniciativa pretende diagnosticar a Neurofibromatose Tipo 1, na fase inicial da doença.

A iniciativa Rota Criativa, promovida pela Associação de Desenvolvimento Regional Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM) visa obter 500 euros para a aquisição de matérias-primas para 90 artesãos dos concelhos da ADRITEM, visando a promoção do artesanato tradicional.

“O sucesso que foi a nossa primeira campanha de Crowdfunding sensibilizou os nossos utilizadores”, diz Cristiano Viegas, Co-founder da Givetou. “Acreditamos que campanhas de baixo valor e orientadas para um objetivo concreto têm impacto junto dos doadores, eventualmente levando mesmo pequenas e medias empresas a apadrinhar a totalidade do projeto”, sublinha Cristiano Viegas.

Imagem de Nattanan Kanchanaprat por Pixabay

Desenvolvida por empreendedores portugueses, a Givetou engloba um conjunto de funcionalidades e soluções direcionadas às organizações sociais, aos empreendedores sociais, aos voluntários, doadores e às empresas.

Através da plataforma as organizações sociais podem obter bens ou recrutar voluntários, criar campanhas de angariação de fundos e anunciar bens ou serviços que tenham para vender sendo que os resultados das pesquisas podem ser vistos pela sua geografia. É também possível gerir a comunicação com as equipas, voluntários, doadores e empresas, através de uma rede social onde os utilizadores criam grupos e podem trocar mensagens entre si e lançar e gerir ideias para resolver de uma forma participativa necessidades ou problemas sociais locais. As empresas podem doar bens alimentares e não-alimentares, quer sejam pequenos bens ou eletrodomésticos, reduzindo assim o desperdício e entregando-os a quem os possa usar e valorizar.

Nascida da ideia de Cristiano Viegas e Luís Martins, dois ex-consultores e empreendedores, a Givetou é uma startup de empreendedorismo social que já mereceu a distinção no concurso de “Ideias e negócios 2020” da DNA Cascais, tendo sido o vencedor, no concurso de inovação social “Santa Casa Challenge 2018”, vencendo na categoria de Economia Social e foi uma das finalistas do Acredita Portugal 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor coloque o seu nome aqui

10 + seventeen =